sopa fria de grão-de-bico

sopafria_graobico_2S.jpg

Estou encantada com as sopas frias e ando querendo testar muitas receitas. Esta saiu do livrão Vegetarian Cooking for Everyone da Deborah Madison. Eu fiz algumas adaptações, porque na receita original ela usa os ingredientes inteiros, sem bater no liquidificador. E usa pepino, mas eu não tinha, então substituí por uma abobrinha e achei que ficou ótimo. O molho de azeite e ervas ela também só mistura, mas eu usei o processador. Usei ciboulettes, tomilho e manjericão, pois não tinha salsinha nem manjerona. O resultado ficou o fino da bossa. Recomendo essa sopa imensamente!

1 dente de alho
Sal e pimenta do reino moída na hora a gosto
1 litro de buttermilk
1 pepino grande sem casca, sem sementes cortado em cubos
[* usei uma abobrinha bem firme, que só cortei em cubos]
1 lata de grão-de-bico cozido e escorrido [dá 1 1/2 xícara]
1/4 xícara de azeite extra-virgem
2 colheres de sopa de ciboulettes/chives
1/3 de salsinha picada [* usei tomilho fresco]
3 colheres de sopa de manjerona fresca [* usei manjericão fresco]
Suco e raspinhas da casca de 1 limão

Coloque o alho, o grão-de-bico, a abobrinha [ou pepino], o sal e pimenta e o buttermilk no liquidificador e bata rapidamente. Não deixe virar um purê, deixe uns pedacinhos inteiros. Ponha numa sopeira ou jarra e guarde na geladeira. Faça um molho com as ervas, as raspinhas e suco de limão e o azeite no processador [ou pilão]. Eu coloquei também uma pitada de flor de sal. Sirva a sopa gelada com uma colherada desse azeite de ervas por cima. Outstanding!

5 thoughts on “sopa fria de grão-de-bico”

  1. Acho seu blog “o fino da bossa”, como você gosta de chamar as coisas muito boas. Adoro grão de bico e assim que esquentar aqui ao sul do planeta farei esta receitinha. Um beijo.

  2. Oi Fer
    Nem imaginei que a foto fosse sua… já a creditei e inclusive deixei escrito lá o local aonde encontrei a foto!
    Sinto pelo ocorrido.

  3. Oi Fer,
    Gostei do post.
    Como sabes, estou trilhando o caminho do vegetarianismo..
    As vezes dou umas escorregadas, aqui no RS é muito difícil..hehehe
    Bom, fiz uam missoshiro, mas acho que errei na quantidade de misso..hum..
    Entrei nos sites que vc indicou.
    É pena que meu inglês não é grande coisa..
    Adorei o 101 cookbooks, mas não compreendi muita coisa.
    POr isso adoro visitar o teu blog, o da valentina e da Karen, que acabam traduzindo/ adptando algumas receitas para o português.
    Grande abraço
    Kaká
    R: ah, que pena, Kaká! mas entao fica por aqui mesmo, e na Valentina e Karen, que rolam bastante receitinhas traduzidas. força ai! beijo, Fer

  4. Nossa, eu tenho esse livro (e adoro ele!) e nunca tinha reparado nessa receita.
    Essa eu vou fazer, ja esta marcadissima para testar! Ainda mais q tenho abobrinhas na geladeira – nem preciso dizer q adorei a ideia de usar a abobrinha no lugar do pepino ne Fer?!
    Preciso tentar fazer mais sopas frias, inclusive quero experimentar o salmorejo tbem. Eu tomei gazpacho uma vez mas acho q nao era dos bons pois nao gostei muito na epoca… questao de experimentar de novo ne!
    E falando em sopa fria, eu estou com varias yellow squashes da csa box e procurando pelo blog search achei uma receita de Zucchini Gazpacho para fazer com elas, vou deixar o link aqui p/ vc Fer, quem sabe vc tbem nao se anima! (e se fizer primeiro me conta hein?!)
    Beijos!
    Ana
    O link p/ a receita: (parece bom, nao parece Fer?)
    http://www.jemangelaville.com/2007/07/01/its-hot-out-time-for-zucchini-gazpacho-and-a-dinner-out/
    R: OBA! Vou testar esse gazpacho em breve. Super obrigada, Ana! 🙂 Beijoo, Fer

  5. Fer, hoje vou fazer o salmorejo para o jantar.
    Como é feriado vamos fazer uma refeição mais leve, com petiscos, e queria uma sopa fria para compor o mneu.
    Com o tomate a brilhar a bombar, foi fácil escolher!
    Esta já está marcada para ser a próxima – sempre fico fã das tuas receitas de sopa que nunca me desiludem!
    🙂
    Beijinhos.

Deixe a sua pitada: