frogurt de damasco & gengibre

damasco_gengibre_1S.jpg
Foi uma invencionice arriscada. Primeiro perguntei pro Uriel—o que você acha, damasco combina com gengibre? Ele respondeu que sim e eu também estava com uma firme impressão positiva sobre essa mistura. Fiz uma quantidade pequena, caso nossos palpites estivessem equivocados. Felizmente estavamos certos! O frogurt ficou delicioso, um sucesso absoluto, com uma interessante mistura do docinho do damasco com o picante do gengibre.
6 damascos frescos sem os caroços e cortados ao meio
Um pedaço de uns 3 cm de gengibre fresco descascado e ralado num purê
1 xícara de iogurte natural
Nectar de agave [ou mel] a gosto
1/2 colher de chá daquela vodka que não deixa rastro no sabor, mas ajuda a deixar o sorvete cremoso
Bata tudo no liquidificador e coloque na sorveteira.
»tenho estado numa fase de encanto com o gengibre, bebendo no trabalho e em casa uma infusão que eu simplesmente adoro, feita com pedaços de gengibre e fatias de limão. é refrescante e ajuda a espantar aquelas nuvens acinzentadas que às vezes se instalam no alto da nossa cabeça. gengibre é uma raiz do bem. se você quiser saber mais sobre essa delícia benéfica, passa lá no blog da Pat, que ela pode gentilmente te explicar tudinho.

9 comentários sobre “frogurt de damasco & gengibre”

  1. Fer, me indica uma sorveteira, por favor? Posso ter a possibilidade de comprar ai nos EUA, pois as vezes tem gente que vem daí. Mas também tem os modelos brasileiros, que é mais fácil.
    R: Jacqueline, eu só conheço a que eu tenho, que é a da Cuisinart.

  2. minha dúvida era a mesma da Dani Oliveira, de como fazer sem sorveteira. é só colocar em potinhos e levar ao freezer? precisa tirar de tempos em tempos e misturar? qualquer truque é bem-vindo! beijos
    R: Claudia, eu nunca fiz no congelador, mas o que li é que é só retirar o sorvete do freezer umas tres vezes e bater com uma espatula, recolocar no freezer. melhor fazer num pote largo, pra ficar mais facil a bateção. mas ja vi receita de sorvete que so coloca no freezer e pronto. um beijo! Fer

  3. Ah Fer, um dia desses pega uma vodka (1 litro) e guarda na garrafa umas 5 ou 6 favas de baunilha. Essa vai deixar rastro de sabor, mas de um sabor indescritível e baunilha natural de verdade. Eu uso em todos os meus sorvetes e nunca me arrependi!
    Mas não sabia que a vodka tinha o poder de dar cremosidade…
    R: Pat, gostei dessa dica da baunilha e vou fazer. a dica da vodka no sorvete quem deu foi a Elise do Simply Recipes, eu sempre coloco um alcool em forma de licor ou mesmo o extrato de baunilha que tem um alcoolzinho, que ajuda o sorvete caseiro a nao ficar aquela pedra no dia seguinte. bj! Fer

  4. Fer, gengibre é tudo de bom mesmo!!! Experimenta um dia desses a infusão de gengibre com canela. Nem precisa adoçar. É bom demais!!
    Vou testar esse sorvete, me deu água na boca!!!
    Lá na minha “Cozinha das Crianças” eu realmente falo muito sobre gengibre, aqui em casa nunca falta!
    R: hmmm, adorei essa dica e vou fazer. eu nao adoco nenhum cha. bj! Fer

  5. Nossa Fer, pena que não tenho uma sorveteira, porque a combinação ficou maravilhosa. Adoro damansco, nunca fico sem aqui em casa, mas o damasco seco, claro, porque o outro é um pouco difícil de achar e gengibre, nem se fala, sempre compro tbm.
    R: Dani, faz sem sorveteira mesmo, so colocando no freezer! 🙂 beijao, Fer

  6. Fer, tb ando in love com o gengibre.
    Fiz recentemente uns iogurtes de pera e gengibre que ficaram maravilhosos! Imagino a combinação com o damasco… 🙂
    E faço uma infusão bem parecida, que bebo fresca ou quente com o mesmo prazer. Só que junte um pau de canela: viciante!
    🙂
    Beijinhos.
    R: hmmm, pera e gengibre, gostei muito! 🙂 e o cha tambem. bjo, Fer

Deixe a sua pitada: