picles de nabo

daikon_pickles_2S.jpg

Tenho carregado o livro Everyday Greens da Annie Somerville pra cima e pra baixo. Praticamente todas as páginas já estão marcadas com post-its, pois todas as receitas são interessantes e inspiradoras. A Annie Somerville é a atual chefe do restaurante vegetariano Greens, em San Francisco. Por causa do intenso fluxo semanal de legumes e verduras na minha cozinha, minha atenção está toda voltada para eles. E esse livro está me dando inúmeras boas idéias. A primeira receita, logo nas primeiras páginas, é para um picles de nabo. Colei o post-it rapidinho, pois esse legume intrigante começou a chegar na cesta orgânica e eles são enormes, na mesma proporção da minha falta de idéias do que fazer com eles. Com essa receita do Greens pude me livrar de um nabão, que virou um picles adocicado bem interessante e vai ser um bom acompanhamento para muitos outros pratos.

pickled daikon radish
500 gr de nabo descascado e ralado em fatias finas
1/4 xícara de cebola roxa cortada em fatias finas *omiti
1 xícara de vinagre de arroz
2 colheres de sopa de molho tamari ou de soja *usei de soja
1 xícara de açúcar
4 rodelas finas de gengibre fresco

Coloque o nabo e a cebola numa vasilha grande. Numa panela pequena misture os outros ingredientes e leve ao fogo, até ferver. Jogue o molho quente sobre o nabo e a cebola, misture bem, deixe esfriar e leve à geladeira por pelo menos 1 hora. Fica melhor se feito de um dia para o outro. Mantém-se bem na geladeira, num pote bem fechado, por até três semanas. Servir como acompanhamento.

8 comentários sobre “picles de nabo”

  1. Fer:
    Você lembra dos Restaurantes vegetarianos de Campinas ? O Natureza, o Da terra ? Pois então, eles usavam muito o nabo (que rende pra caramba) na feijoada vegetariana que além dos legumes leva também a ricota defumada, pra “substituir” as linguiças defumadas.
    Essas conservas de nabo são típicas dos obentôs (marmitas) das comidas japonesas que compramos por aqui no Mercado Municipal. E é engraçado que aqui eles colocam alguma coisa que os deixa coloridos.

  2. Fer, costumo refogar nabo e cenoura em tirinhas com alho e cogumelos, temperar bem com as ervas disponíveis e usar como recheio de torta com ovos e creme. Fica muito bom e usa bastaaaante nabo. 🙂
    Beijos!
    R: também gostei dessa idéia. obrigada! 🙂 bjs, Fer

  3. Fer amei a idéia do picles.Por aqui só uso como purê ou picadinho na jardineira de legumes.Então, devido a escassez de idéias para preparar, ele não anda muito pelas bandas da minha cozinha.Vou testar com certeza.
    Bjs

  4. Eu uso nabo em sopas e tb faço assado misturado com outros legumes, basta fazer uma calda a base de mel, que fica muito bom.
    Picles ainda não conhecia
    Bjs 🙂
    R: gostei da ideia de assar os nabos. beijo! 🙂 Fer

  5. Acho que nunca experimentei nabo, não me atrai.
    Fiz um curso de carving, no qual se usava bastante nabo, não aguentava mais o cheiro que o nabo deixa na mão.
    Talvez como picles eu goste.
    Bjs.
    R: Gina, realmente o nabo eh um troço estranho. mas se voce nao gosta do cheiro, não faça esse picles… porque fica bem acentuado. bjo, Fer

Deixe a sua pitada: