meditamentos

roux_blue_1S.jpg

[[ o-mmm ]]

Acordei no meio da noite para a remoção automática da água do joelho da madrugada e demorei um bocado para pegar no sono novamente. Enquanto isso meu pensamento escapou e divagou, correndo entusiasmado pelos campos das idéias do que fazer para o jantar de Natal. Rechearei o frango com quartos de limão e dentes de alho ou com uma farofa feita com farinha de pão? Acho que usarei grits ou polenta para fazer uma farofa. E será uma farofa de banana! Farei um doce com as nectarinas congeladas e usarei aquela massa fantástica de cream cheese do Greens. Foi assim por uns tantos minutos, até que consegui controlar o desmiolado e finalmente voltei a dormir.

Foi então que sonhei que tinha feito uma burrada com uns arquivos, nomeando um novo com o mesmo nome do velho e apagando praticamente os dois últimos anos de convercê e fotos do Chucrute com Salsicha. Eu sentia pena, mas não estava triste, nem chorando, nem desesperada. Tentava pensar numa solução que parecia não existir. Fui nadar de roupa, perdi minha sacola no vestiário e foi então que lembrei que o servidor deveria ter uma rotina de back up dos arquivos e me animei com a perspectiva de poder recuperar o blog.

Desmarcamos o regabofe natalino aqui em casa para poder fazer uma festa só, que acontecerá no Ano Novo quando meu irmão estará nos visitando. Também desistimos de passar o dia de Natal na casa da sogra do Gabe. Decidimos ficar por aqui. Não vou fazer nada de especial para a ceia, só um ranguinho simples, porque quero mesmo é descansar. Ao invés do peru, comprei um frango caipira que imergi numa marinada feita com vinho branco, limão cravo, tomilho fresco, alho em lascas finas e sal grosso. Só ainda não sei se vou rechear com quartos de limão e dentes de alho ou com a tal farofa feita com farinha de pão.

Nesta véspera do dia de Natal, uma chuva cai gelada lá fora e vou acender a lareira. Já sei que os gatos não vão nem dormir, ficarão o dia inteiro atrás de mim. O Uriel já foi trabalhar e eu preciso dar um pulo no Co-op, porque obviamente esqueci de comprar alguns ingredientes. Vou temperar as rodelas de queijo de cabra para fazer uma salada e preparar a massa para a tal sobremesa que decidi fazer no meio da noite. Gosto dos preparativos para a festa, mesmo que ela seja pequena e íntima.

Sem mais delongas, quero apenas agradecer todos os votos de boas festas e desejar a todos uma noite de Natal linda e feliz!

15 comentários sobre “meditamentos”

  1. Fer, eu to aqui num dilema pensando como rechear o boneless turkey breast q eu comprei p/ o nosso Natal.
    Ja ta la, temperadinho e pegando um gostinho numa marinada mas o recheio eu ainda to stumped… quem sabe eu tbem nao tenho um sonho inspirador essa noite! hahaha!!
    Beijao p/ vc e um NATAL MAIS DO QUE FELIZ para voce e sua familia Fer!!!
    Adorei o seu recadinho no final do post, que sua noite tbem seja linda e muito feliz!!
    Ana

  2. Fer, desejo a ti, a tua família, e ao Roux e ao Misty, que tenhas uma noite linda, linda! tudo de bom prá ti neste noite e que Santa lhe traga muita saúde, amor e tranqüilidade!
    BEIJOS, FER! prá ti e pros Miaus!
    FELIZ NATAL!

  3. Fer,
    Feliz Natal para você e sua família! Que este novo ano possa ser ainda mais cheio de esperanças e solidariedades entre as pessoas – amor e paz no coração da humanidade.
    Beijos,
    Lara

  4. Um Natal lindo pra você e sua família, Fer!
    Que o Chucrute continue cada dia mais lindo e nos trazendo tanta alegria como já o faz.
    Obrigada pelos textos edificantes e fotos maravilhosas de todos os dias!
    😀

  5. Tambem teremos uma noite de Natal a dois – amanha chega stepson number 1, mas essa noite e’ so’ nossa
    dia lindo la’ fora, apesar do frio
    Uma noite de Natal muito curtida para voce!

  6. Fer querida, feliz natal pra você, familia e gatonildos, eu adoro natais calmos e simples, a reuniao é boa, mas também cansa. E o regabofe vai estar delicioso sem duvida. Beijocas pra ti e pro nariz Roux-nariz-dourado.

Deixe a sua pitada: