sopa de abóbora e manjericão

abobora_manjericao_1S.jpg
Relendo depois de vinte anos O Melhor da Festa da Sonia Hirsch, rememorei algumas das suas boas idéias. Uma delas, misturar abóbora com manjericão, que segundo ela é uma das combinações mais perfumadas da história da culinária. Não posso discordar. Usei uma abóbora japonesa, a kabocha, que já estava previamente assada. Eu tenho o costume de assar coisas de véspera ou quando estou usando o forno ou a churrasqueira pra fazer outras coisas. Essa abóbora tem uma casca grossa que não é fácil, precisa ter muito muque para descascá-la e como muque é o que eu não tenho, apenas cortei ao meio, removi as sementes, embrulhei no papel alumínio e assei. Na hora de fazer a sopa, removi toda a polpa com uma colher, coloquei no liquidificador com bastante folhas de manjericão fresco e um tanto de água—ia usar caldo de legumes, mas resolvi que não deveria interferir no sabor da abóbora e do manjericão. Bati bem a mistura. Numa panela refoguei cubinhos micros de cebola no azeite, acrescentei o creme de abóbora, temperei com sal e pimenta branca moída, deixei levantar fervura e desliguei o fogo. Servi a sopa com pedaços de queijo fresco e um fio de azeite super-extra-especial.

9 comentários sobre “sopa de abóbora e manjericão”

  1. Fer
    Gostei muito da ideia! Vou fazer hoje mesmo! (tá frio em São Paulo, nem parece primavera…) Vou acompanhar com frango assado na brasa.
    ( e um vinho, of course)
    Abraços e grato pela receita
    Rubén Duarte

  2. Eu amo sopa de abobora, mas nunca imaginei ve-la assim tao verde, que inusitado! apesar q eu senti falta de ver uma cor bem alaranjada… hehe!
    Ana
    R: Ana, a cor verde eh por causa do manjericao. Fer

Deixe a sua pitada: