S.O.S Kitchen

Uma caixa de primeiros socorros fica permanentemente numa das gavetas da cozinha. Não estou querendo me fazer de vitima aqui, mas eu me machuco TODO SANTO DIA e garanto—juro, que muitos desses pequenos acidentes não são minha culpa. Eu me corto na folha do livro de receitas que estou olhando, na borda da forma de metal que estou lavando, ou quando vou pegar uma louça no escorredor fatio o dedo no mandoline que está ali proximo, e queimo os pêlos do braço nem sei como, e quando estou refogando algo no azeite quente uma lasca de comida dá um salto de trapezista e aterrisa dentro do meu olho, me corto na borda da lata vazia de comida dos gatos quando vou colocar outra coisa na lata de lixo, prendo o dedo fechando a gaveta ou tampando a panela de ferro. Manchas roxas, cortes sangrentos ou cascudos, bolhas, esfolamentos e cicatrizes abundam. E pra completar essa minha rotina de cumprimento da pena cármica, ainda tem o animal. Sim, o animal, aquele que sempre me espera passar pelo tapetinho entre a sala de jantar e a cozinha pra dar o bote. Sim, o bote que é de brincadeira, mas às vezes machuca. Ele não tem intencão de machucar, mas quando eu passo ele dá um pulinho e lasca uma patada. O alvo da patada é a minha perna. E as patas têm garras afiadas. Então nesta semana eu já colecionei uma bolha, um corte do mindinho, um dedo roxo esmigalhado e três arranhões gigantes na parte de cima do meu pé esquerdo, perpetrados pelo animal, o ANIMAL!

26 thoughts on “S.O.S Kitchen”

  1. Que feliz que eu fiquei agora!!! pensava que era só eu que me queimava ,cortava,entalava,fico muito mais reconfortada,as vezes pensava para os meus botões, como é possivel,tenho os braços todos marcados as mãos,o olho, até os pês !!!!!eu consegui fazer uma queimadura na mão direita com caramelo, ficou uma coisa horrivel, deu hospital e tudo!!!!
    Mas como diz a minha avó só se maogoa quem faz, antes isso!!!!
    Beijinhos

  2. Ah…menos mal que nao sou sò eu, nao!
    Tb estou um caos de tanto machucado que seja eu, ou sejam os meus animais (3 papagaios, 1 cachorra e 1 gato) provocamos.
    E vivo desinfetando e passando uma pasta de cyrtopodium para remediar a coisa.
    Qdo nao esqueço…é claro!
    Bjs!

  3. Ahahaha…..imagine eu que sou canhota e que o mundo não foi feito pra gente assim.
    Alguns dos últimos acontecimentos comigo: caí da janela tentanto fotografar um beija-flor (perna e bda.roxas), derrubei o chuveiro fazendo limpeza no banheiro(marido bravo tendo de arrumar).
    E não sei porque mas ninguém de casa se arrisca a entrar comigo em lojas de cristais e louças.

  4. O meu animal também é assim possuído! Um dia destes assustou o meu pai que ia com um copo de água na mão. Resultado: uma corridinha, uma patinha de gato e o homem, que é medricas, assustou-se, a água voou do copo e molhou a cortina toda 😉 Um delírio… ainda bem que não era vinho 😉

  5. agora que voltamos a almoçar em casa essas coisas também me acontecem. não com muita freqüência, mas acontecem. as que mais aconteciam eram fatiar os dedos junto com cebolas e/ou tomates e fritar os dedos junto com o pastel. mas como o verão vem vindo, estamos de DIETA! e não tem mais pastel, por enquanto, e quanto às cebolas e tomates, comprei um tareco que pica tudo, pronto! me safei.. por uns tempos… ah! do gato eu não corro risco, porque ele sempre sai correndo na minha frente, mas do cão que está quase sem enxergar sim, porque muitas vezes quem não o vê sou eu, tropeço e quase quebro uma perna.

  6. ahahahah Fer, não posso deixar de me rir. Esse Roux é certamente um folião! Eu também sou constantemente “atacada” pelo meu leãozinho mas, mais nos braços, quando fazemos “lutas”… ahahahah E o engraçado é que com ele, não é tanto as unhas mas mais os dentes. Morde como um cão! Na cozinha, eu também me queimo imensas vezes!!! Ainda ontem, com o vapor de um tacho. Curiosamente, tenho uma marca de uma queimadura na mão esquerda que a fiz à uns anos, nas resistências do forno, como a Marizé referiu. Na altura a minha mãe disse que não era nada e que ia desaparecer mas, o que é certo é que ficou para sempre a marca… :o( Não me costumo cortar com as facas mas, com o mandoline… “raspo” os dedos junto com a cenoura! ahahah
    Beijão!

  7. Os meus desastres na cozinha felizmente vitimam mais o material de cozinha, as paredes, o chão… do que propriamente a mim. A única consequência disso é, depois, ter trabalho redobrado.
    Mas vou-te contar: o pior que me pode acontecer é queimar-me…tenho pavor!
    bjs

  8. Eu sou a capeã das queimaduras!
    È no fogão, nas panelas (esqueço-me que na gaveta mesmo por baixo estão as pegas), com a comida. Mas o pior mesmo é o forno e o ferro de engomar.
    No forno eu queimo-me nas resistências quando vou verificar a cozedura, ou virar o alimento e (imagina) já queimei o peito na porta entreaberta quando espreitei lá para dentro.
    No ferro de engomar queimo-me nos dedos e na barriga. A mais grave foi durante a gravidez, cheguei a pensar que ficava para sempre com uma risca castanha a atravessar o meu abdomen. He, he, he…
    Beijo

  9. Hahahahahahaha!!! Fer, ADOREI! Somos iguais!!
    Coincidência: acabei de fazer um post exatamente sobre isso, hehehe…
    Aqui também sofro dos mesmos males. Quando não são os afazeres domésticos que me maltratam, é o namorado com alguma brincadeira de beliscar e apertar as bochechas, ou a cachorra que pensa que é um poodle mas é uma boxer. Ambos acham que eu sou algum tipo de brinquedo de borracha, só pode!
    Beijinhos!
    *Ah, experimentei os morangos com balsâmico e sorvete de creme. Menina… Aquilo é o paraiso na Terra! ;D

  10. Fer, eu só não me machuco mais, porque não circulo tanto na cozinha e a nossa organização aqui em casa me permite dar menos chance ao azar. Mas se eu estiver em ação, pode contar que vou me queimar, ou cortar, ou quebrar alguma coisa. Há dias em que isso parece uma espécie de força astral, uma confluência de planetas bagunceiros e, quando estou com a coluna “mais pra lá do que pra cá” aí mesmo é que tudo cai da minha mãe e eu tenho que me abaixar sem poder.
    Ainda no episódio do pão, esqueci de dizer que, ao retirá-lo da máquina, queimei-me em dois lugares. Enfim, cara colega, temos mais essa afinidade. Melhor a gente nunca trabalhar ao mesmo tempo no mesmo lugar…kakakaka.
    Beijos

  11. Fer, tem piada que entre a minha cozinha e a sala também ‘pousa’ um desses animais, sendo que o meu animal é ‘menina’, mas nem por isso mais doce! hehehe
    (Na cozinha não sou muito de me cortar, mas queimaduras é o prato do dia…)
    Bj

  12. Fer, não me leve a mal, mas no final acabou até sendo engraçado seu post! imaginei uma propaganda da Gelol enquanto lia seus escritos!
    Raramente me machuco, mas é impressionante como derrubo as coisas no chão, é batata pra tudo que é lado, as colheres voam, as tampas das panelas voam! : )
    Bjo grande, Glau

  13. Me incluam nessa lista! Eu acho tao lindo aquela pessoa que entra em sua cozinha e parece que a “forca” estah do lado dela, tudo funcionando no exato tempo, praticamente um nado sincronizado (sem aquele sorriso aparvalhado). Nada queima – nem a comida, nem a pessoa – e o resultado eh 1 refeicao maravilhosa, 2 ou mais pessoas felizes e 0 band-aids… o que definitivamente nao eh o meu caso 🙁

  14. s.o.s. kitten 😉 nossa, eu quase nunca me machuco, acho que acumulo as pequenas dores para sofrer sempre de vez, qd me machuco é pé quebrado, braco quebrado, dedo quebrado, tampo de dedo cortado – acho que eu preciso fazer um trato com aquele lá de cima 😉

  15. E nao eh que os semelhantes se atraem?? haha. Nao tem um dia (tb) que eu nao tenha um roxo akih, um corte acola, um queimado, um espinho, um ralado..hahaha..soh nao tenho o 1st aid na cozinha, mas tenho no lavabo, no carro, na lavandeira e upstairs..hehe
    Bjs amiga & take care!! Os animais sao sweet, mas sao rough too!! hehe

  16. E nao eh que os semelhantes se atraem?? haha. Nao tem um dia (tb) que eu nao tenha um roxo akih, um corte acola, um queimado, um espinho, um ralado..hahaha..soh nao tenho o 1st aid na cozinha, mas tenho no lavabo, no carro, na lavandeira e upstairs..hehe
    Bjs amiga & take care!! Os animais sao sweet, mas sao rough too!! hehe

  17. Fer ,No meu caso tenho sempre um pézinho de babosa ,alloe vera por perto porque tô sempre me queimando ….um desastre.A babosa alivia a dor e ajuda na cicatrização de ferimentos!!
    Prevenir acidentes é um dever de todos mas às vezes né…
    Bjs e cuide-se

  18. Eu a mesma coisa. Fora os cortes e roxos que simplesmente não sei de onde surgem. Tenho um corte perto da mão que estou vendo agora mesmo que não me lembro como fiz. Só não tenho mais gatinhos para me recepcionar. 🙂

  19. Meu Deus Fer, nao acredito, voce acabou de me descrever ai no post! Eu me machuco todos os dias na cozinha, eh impresionante! E o pior de tudo q sao sempre machucados bobos, por motivos mais esdruxulos possiveis, iguaizinhos aos que voce mencionou, cortar na lata q esta no lixo, na folha de papel da revista/livro, queimar os pelos do braco, queimaduras mil de relar sem querer no forno ou entao quando espirra algo da panela (sauce ou outro liquido borbulhante)…. nao acredito, te juro q achei q era so eu! rss!!
    Eu sou demais de estabanada, mas felizmente na maioria das vezes sao machucadinhos simples no final e a comida fica gostosa!
    Beijao p/ vc!
    Ana

Deixe a sua pitada: