bolo de milho super caseiro

Esse bolinho de milho super caseiro é uma receita da Fer, a querida Dadivosa, que estava guardada há tempos, esperando seu dia de brilhar na passarela dos bolinhos singelos com gosto de roça. Segui as explicações da receita dadas pela Fer à risca, só mudei o tipo de forma, pois achei que bolinhos em formato pequeno iriam ser mais fáceis de levar bolo_milho_caseiro na lancheira. Eles ficaram muito fofinhos e simplesmente deliciosos!

1 xícara de milho verde
100g de manteiga sem sal
1 xícara de açúcar
2 ovos
1 1/2 xícara de farinha de trigo
1 colher sopa de fermento em pó
1/4 xícara de iogurte natural

Unte uma forma de buraco no meio e reserve. Pré-aqueça o forno em temperatura média. Bata o milho no liquidificador até virar uma pasta. Bata bem o açúcar com a manteiga ou margarina até formar um creme claro e fofo. Adicione os ovos, um a um, mexendo sempre. Junte o milho batido e misture, depois o trigo e misture mais um pouco, o fermento e por último o iogurte. A massa não fica muito líquida. Despeje a massa com cuidado na forma e leve ao forno médio até que, enfiando um palito no centro do bolo, ele saia limpinho. Espere esfriar e desenforme.

14 comentários sobre “bolo de milho super caseiro”

  1. Fer, ficaram supercharmosos seus bolinhos. Gostei da idéia das forminhas individuais, deu até vontade de repetir a receita 🙂
    Wordpress ficou de mal comigo uns dias, não me deixava fazer o login, mas estou voltando!
    Beijos;***

  2. Fer, ia precisamente fazer a mesma pergunta que já fizeram quanto ao milho verde. Vou ver se compro uma espiga hoje de tarde para me entreter com este bolinho. Bolos caseiros são a minha praia… 😛
    Vi o link das forminhas! Que máximo! Nunca tinha visto este formato. Seriam jeitosos para fazer o nosso bolo de arroz, de PT. Também ficam bem em formas altas. :o)
    Beijos e bom findi!

  3. Fer,
    Posso usar milho de lata ou tem que ser da espiga? Nesse caso, é pra bater os grãos com aquele líquido ou sem?
    Grata!
    R: Raquel, use o milho que preferir. Eu usei o fresco, ralado da espiga. Mas seja qual for, nao adicione nenhum liquido, so moa–pode ser no processador. Fer

  4. Como não fico sem experimentar uma receita nova de bolo, com essa não vai ser diferente. Faço uma receita, mas é diferente. Bolo de milho combina com a chuvinha que está chegando.
    Para explicar melhor o caso do milho. Milho verde é quando os grãos ainda estão “moles”. O maduro já endureceram, “secaram”. Bem ao jeito da roça.
    Bjs!

  5. Que gracinha os bolinhos Fer! Vc usou forma de popovers? Eles estao tao “altos”! rss!
    Quanto ao milho verde, acho q eh mais pq quando a gente pega a espiga a palha esta verde… sera?!
    Beijos!
    Ana

  6. Andei uns tempos a pensar o que seria milho verde… Não sabia mesmo! Aqui o milho é bem amarelinho e decidi perguntar para ver se me explicavam… Afinal é o milho amarelo mesmo mas chamam de milho verde e não me souberam dizer porquê.
    Concordo com o Edu mas na versão masculina… Acho que é o BOB dos bolos de fubá, né Fer?
    eh eh
    R: Ameixa, acho que se chama milho verde porque nao eh maduro, o mesmo com o vinho verde, que nao eh verde, mas feito de uvas nao maduras. Ja o caso do BOB, pode ate ser, mas veja bem, não vai nenhum fubá nesse bolo! 🙂 Fer

Deixe a sua pitada: