uma bolsa para a bolsa

Cria-se o hábito. No carro eu mantenho uma cesta redonda grande, duas sacolas de pano, duas de lona plastificada e uma térmica. Não tem mais erro, nunca esqueço de levá-las comigo quando vou às compras. Sacoletas de plástico NO MORE! Mas o negócio era a comprinha informal, que não era aquela compra de supermercado, quando se dá apenas uma passadinha na farmácia ou de repente se vê algo legal e decide comprar. Lá vem a sacolonstra. Mas um dia, no passado, eu fui até a bookstore da UC Davis ver uns earphone novos para usar no meu computador durante o trabalho e vi essas sacoletas. Comprei várias para dar de presente e guardei uma pra mim. Ela é perfeita para se carregar na bolsa e para ser sacada nos momentos cruciais—eu não preciso de nenhuma sacola, pois tenho a minha própria. Tcharannn! Alegria, alegria! Ela é bem pequena, cabe na palma da mão e quando aberta fica enorme, carrega muita coisa. Além de ser feita de um material resistente e lavável, ainda é lindona. A Andrea do bacanérrimo blog Superziper tem uma igual e a mesma opinião que a minha.

18 comentários sobre “uma bolsa para a bolsa”

  1. Comprei um de pano, carbon free e tal da Natura. Não é a coisa mais máscula do mundo, mas serve bem, enquanto não acho uma ao estilo da HeroBag.com. Tenho que fazer um texto sobre.

  2. Comigo tem acontecido como com a Marizé.
    Sem contar que as pessoas me olham achando que sou ET, saindo com as compras soltas no carrinho e depois só colocando na mala do carro. Meu marido também reclama, mas eu tô nem aí.

  3. Alo Fer
    Amei sua bolsinha(ona)! Gostaria de fazer uma pra mim aproveitando essa minha fase criativa! Mas
    já que não tenho tanta prática assim, daria pra vc me enviar uma foto dela por inteiro? bj

  4. Fer, também tenho as minhas eco-sacolas no carro, casa, trabalho mas não tenho uma pequena como essa para carregar na bolsa… Eu vi a Kid Series e achei tudo uma gracinha! Já vou providenciar uma. Beijocas mil – Karla

  5. eu reduzi muito o uso de sacolas, principalmente pq os mercados daqui cobram por elas (no que estão certíssimos!)
    mas me tira uma dúvida: que tipo de saco vc usa nas lixeiras da casa? pq eu “reciclo” minhas sacolas de mercado como saco de lixo…

  6. Também ando com os sacos no carro, e na bolsa trago sempre duas bolsas uma para compras e outra para o pão. Acontecem-me as reacções mais estranhas. No Supermercado: Eu – “não quero saco, eu tenho!” Caixa – “Mas pode levar, é grátis!”
    Na paderia: Um cartaz em cima do balcão diz – “Em defesa do ambiente estamos a reduzir o uso de sacos de papel e plástico, agradecemos a vossa compreenção” Eu – peço o pão e estendo o meu saco de pano. A balconista: Coloca o pão dentro de um saco de papel e depois dentro do meu saco.
    Beijo

  7. Eu moro na Alemanha e tenho uma tb, nao é tao bonita como a sua, mas é bem resistente (aguenta 10kg, sem reclamar) e extemamente prática, nunca sai da minha bolsa!

  8. Oi Fer!!!
    Desapareci um pouco em função do fim de tese que tá me devorando…
    Sempre vejo estas bolsas para vender aqui em Barcelona mas nunca me lembro de comprar. Agora com a tua motivação, vou comprar uma e espero que encontre uma tão linda como a tua.
    Entre tese e tese, estimulada pela beleza das cerejas que tenho visto por aqui e pela receita do clafoutis, me aventurei e tá lá no blog. Ficou MARAVILHOSO!
    Ah, andei fazendo tb aquele teu cuscus com frango ao curry, ficou 10!
    Um beijo grande da Camila

  9. eu tenho uma bem legal também.
    fechada é um chaveiro, aberta tem o tamanho de uma sacola tradicional de supermercado.
    comprei na etna em são paulo. 😉

  10. oi fer! quando eu morei em joao pessoa vi umas sacolas semelhantes a essa, mas eram feitas de guarda-chuva quebrados! elas descosturavam do ferrinho, depois costuravam os triangulos, e pra arrematar ainda colocavam as tirinhas do guarda-chuva pra poderem fechar e caber na bolsa. semelhante a essa sua. pena que aqui no brasil só agora o pessoal está se preocupando com os montes de sacolinhas de supermercado… antes tarde do que mais tarde, ne?!
    beijo!

  11. ai Fer,este post me remeteu há uns 20 anos atrás pois tenho uma tia que costurava divinamente e certa vez chegou em casa com dúzias destas,todas peça única,para presentear toda a família.Também cabiam na palma da mão e foram minhas companheiras por muitos anos.Infelizmente foram todas detonadas e por aqui nunca vi!beijo!

Deixe a sua pitada: