uma [bela] saladona

super_salada_verao_1s.jpg

Já virou praxe fazer uma saladona assim quando está quente e não se pode nem pensar em usar o fogão. Eu faço tantas dessas que já nem é mais novidade. Mas elas sempre saem diferentes, pois nunca uso os mesmos ingredientes. Uso uma travessa bem larga e rasa e vou colocando o que vier na minha telha. Às vezes eu tempero cada coisinha separadamente. Outras vezes coloco tudo na travessa e depois tempero como quero. Dessa vez fiz mais ou menos. Temperei o feijão fava separado e o resto na travessa mesmo, mas variei os azeites e os vinagres. Já fiz essa salada em noites de inverno também. Portanto, nada com respeito dessa saladona é rigidamente delimitado.
Nessa usei—tomates vermelhos e amarelos, feijão fava, figos secos, azeitonas pretas, brócolis levemente cozidos no vapor, ovos cozidos, atum conservado no azeite, abobrinha ralada em tirinhas bem finas, pepino japonês em cubos e bastante folhas de manjericão fresco picadas e salpicadas por cima de tudo. Tempero a gosto.

4 comentários sobre “uma [bela] saladona”

  1. Fer…
    Só de ver a foto já me água na boca!!! Esses vegetais todos fresquinhos…. cheirando à terra molhada… e o sabor digno de vegetais criados sem agrotóxicos… aposto que são orgânicos!
    Adorei a sua salada… eu sempre invento uma salada nova aqui em casa… e o meu ingrediente principal é o tomate. Pode ser qualquer salada.. tem que ter tomate. É incrível o sabor que o tomate dá à vida.
    Beijão Tati

Deixe a sua pitada: