8 comentários sobre “the blackberries”

  1. No quarteirao acima do nosso tem dois pes de amoras, como as amoras brasileiras que costumava comer quando pequena e jovem na casa de uma tia. Eu que estava com desejo comecei a retirar algumas do pe, quando de repente a dona abriu a porta da casa com um saquinho: “pegue, pegue mais, nao estou dando conta de tantas amoras”. Fiquei tao feliz, era exatamente o mesmo gosto da infancia!!!

  2. Olá
    Num aniversário semana passada comi um sorvete, tinha um sabor forte de canela, com uma calda de amoras, com bastante fruta, era divino! Não deve ser nada difícil de fazer, eu acho.
    Abraço

  3. Oi Fer,
    acabo de ler uma matéria a respeito de um crítico de gastronomia espanhol. Ele tem idéias bem curiosas, talvez transgressoras, sobre gastronomia. Pude perceber que vc tem algumas idéias em comum com ele, pelo que já li aqui no blog.
    Dê uma olhadinha aqui:
    http://p.php.uol.com.br/tropico/html/textos/2982,1.shl
    Lindas suas amoras, aqui em casa tenho uma amoreira, mas quem te disse que os passarinhos deixam alguma coisa pra gente? rsrsrs. Os mais gulosos são os sanhaços, que já descobriram que no meu quintal eles podem comer sossegados.
    Mas eles me retribuem com lindos trinados e pequenas farras de acasalamento, tem dinheiro que pague?
    Bjs

  4. eu também gosto muito delas,trouxe estes dias da feira ecológica(e framboesas também) e já preparei algumas chimias com elas,amo no café da manhã junto com pão integral,delícia!!beijo!

Deixe a sua pitada: