as rosas daqui

rosas_daqui_s.jpg

Elas não são as mais bonitas. Tenho que espirrá-las com água de esguicho antes de colocá-las nos vasos, porque não importa quantas mil joaninhas trabalhem afoitas, elas apresentam sempre uma colônia de pulgões. Todo ano elas aparecem mais ou menos por esta época, este ano um pouco mais tarde que o usual. Mas logo elas estarão enchendo os vasos até eu não aguentar mais colhê-las e desistir, deixando que desfolhem lá mesmo no pé. Algumas são muito cheirosas, todas são bem espinhudas, umas são bem pequenas, outras são realmente enormes. As cores variam em tons de vermelho, rosa, amarelo e creme. Algumas abrem de uma maneira tão escancarada que nem parecem que são as flores que são. Rosas. E são todas do meu jardim.

18 thoughts on “as rosas daqui”

  1. Fer: Enfrento o mesmo problema com as rosas, os pulgoes e todas as outras pragas que chegam com o verao torrido. Tem alguma coisa para fazer fora os banhos de inseticida horriveis? Esse ano coloquei montes de adubo organico, direto da cocheira, para ver se ficam mais resistentes as pragas. Nao obstante tudo, encomendei mais tres tipos que chegam final de maio, rosas logico, nao pragas. Beijao,
    Maria

  2. Fer:
    Noto que depois que as rosas viraram comerciais, aqui no Brasil não é mais costume tê-las nos jardins.
    Eu me lembro que na juventude fazíamos serenatas e sempre roubávamos rosas dos jardins das casas para dar aos escolhidos/das . Muitas vezes eram da própria casa da pessoa…ahahah.
    Sabe, minha mãe costumava secar as rosas, enrolando-as em um papel de seda e deixando de cabeça para baixo, penduradas em um cômodo ou local escuro por algum tempo. Depois de secas, usava para enfeitar vasos e elas duravam bastante.
    Era muto legal.

  3. Fer, as rosas são lindas!!! Parabéns!!
    Gostaria de aproveitar a mensagem, e perguntar se você tem a receita da famosa torta de maça americana. Se tiver, poderia postar?, ou quem sabe fazer uma e nos mostrar o resultado?…beijossss

Deixe a sua pitada: