um repolhão para dar, não vender

Eu comprava duas cebolas e ela comprava dois repolhos, pequenos. Ela tinha chegado primeiro, já estava pagando e fez o que eu acho o fim da picada de se fazer num Farmers Market, ela barganhou. Cada repolho custava setenta e cinco centavos e ela pediu pra levar os dois por um dólar porque eles eram pequenos. Virei meu pescoço e encarei, sem nem procurar disfarçar. Queria mesmo era ouvir o diálogo que ela travava com o fazendeiro, ou melhor, o monólogo, que era mais ou menos assim: eu ADOOOROOO repolho, você não tem repolhos maiores, esses são muito pequenos, porque eu AMOOO repolho, faz os dois por um dólar, ah, eu realmente AMOOO repolho! Por um momento eu quis interferir, convidando a referida para dar uma passadinha na minha casa, pois eu tenho lá um repolhão encalhado, repolhão que eu DETESTO, não AMOOO nem um pouco e estou tentando me livrar. Doaria de bom grado, sem cobrar, o que seria um lucro duplo, pois eu não teria que comer nada e ela comeria sem desembolsar nem um centavo.

2 thoughts on “um repolhão para dar, não vender”

  1. Fer, eu também não suporto repolhos, masquando é época meu marido me faz comprar um montão para fazer em conservas lactofermentadas – super saudável!!!
    Ele come toda hora, eu só aceito comer num prato polonês, uma espécie de cozido (o nome é Bigos), com várias partes do porco e umas salsichas artesanais, cogumelos, mação, etc. Uma especialidade da minha cozinha que eu ainda não me atrevi a divulgar no meu site, mas um dia eu chego lá!!
    A receita da conserva – sauerkraut – será publicada muito em breve!

  2. barganhar na feira ecológica é de última,aliás, eu não gosto de barganhar em qualquer lugar. Entendo que existem certos países onde barganhar em comércios,principalmente de rua,é cultural,como no Marrocos por ex., mas,vamos combinar,ela não ficará mais rica nem mais pobre por causa dos 50 centavos de desconto ,então é para sentir aquela sensação de “estar se dando bem”, o ser humano dá valor a cada coisa né!beijo e bom domingão!

Deixe a sua pitada: