the art of dunking

1night2.jpg 1night3.jpg
1night4.jpg
1night5.jpg 1night6.jpg
1night7.jpg 1night8.jpg

“dunking is an art, don’t let it soak too long. a dip and sock, into your mouth. if you let it too long it become soggy and falls apart. it’s a matter of timing. i’ll write a book about that. 20 millions and you don’t know how to dunk!”
It Happened One Night, é um filme fofésimo, dirigido pelo Frank Capra em 1934. Eu já revi esse filme tantas mil vezes que já sei até alguns diálogos decor. O filme foi feito sem nenhuma ambição e acabou sendo uma surpresa no box office e abocanhando um monte de Oscars. É um road movie onde os personagens estão tentando se locomover do ponto A para o ponto B e na duração desse trajeto toda a trama de desenvolve. Em It Happened One Night, uma ricaça mimada [Claudette Colbert] está fugindo do pai, tentando chegar em NY para se casar com um canastrão. Seu companheiro de banco no ônibus é um jornalista desempregado [Clark Gable], que vai ajudá-la a chegar ao destino, na esperança de vender a história para o jornal. Nem preciso dizer o que vai acontecer. né? Bom, nos anos 30 o povão viajava de trem e ônibus e neste filme o meio de transporte é o busunga. Como eles estão atravessando o país, a viagem é longa e cheia de paradas. Numa delas, os passageiros têm a oportunidade de dormir num motelzinho e é o que Colbert e Gable fazem, tomando o cuidado de dividir o quarto com as muralhas de Jericó—um cordão com um lençol pendurado, afinal de contas eles não eram casados!
Na cena do motel, Gable acorda antes e prepara o café da manhã, que consiste de café preto, um ovo e um donut para cada um. Enquanto tomam café e conversam, Colbert enfia o donut no café e Gable faz uma cara de horrorizado! Você não sabe mergulhar o donut no café? Tem que fazer em movimentos rápidos, mergulhar e colocar na boca, se deixar muito tempo no café ele fica muito molhado e se desmancha. 20 milhões de dólares e não sabe molhar um donut! Ela aprende a lição rapidamente e molha o donut da maneira que ele ensinou. Uma cena pra se guardar na memória e aprender, afinal mergulhar o donut no café é uma arte!

3 comentários sobre “the art of dunking”

  1. Fer, lindo post! Me fez gargalhar , pois lembrei de um episódio do Seinfeld em que o Kramer encontra o Joe Dimaggio e diz aos amigos que ele mergulha os donut’s no café. Eles passam o episódio inteiro em função disto.
    Beijos

  2. Puxa, que fotos lindas do filme…daquelas que a gente diz que tem saudade de uma coisa que não viveu.
    E você fez uma excelente sinopse. Eu não conheço o filme.
    Abraço pra você, sempre com coisa boa pra nos mostrar e ensinar.

  3. Fomos jantar na casa de uma amiga nossa, que fez estagio num restaurante em Paris, e ela serviu parfait com calda de rhubarb de sobremesa. Disse que era uma das sobremesas que serviam no restaurante la.
    Nunca tinha comido,e na primeira colherada achei tudo muito estranho. O doce com o azedinho, o quente com o frio…. Mas depois de acostumar com o sabor e a textura, eu adorei.

Deixe a sua pitada: