5 comentários sobre “black trumpet chanterelle”

  1. Fer,
    Eu nunca tinha ouvido falar dessa variedade.
    É daquele risoto que você fez, não é? A foto do risoto ficou poética!
    Não me pergunte porquê: ficou e ponto, hehehehehe! Achei muito linda!
    Mas comentário básico: ficaram pretinhos! E realmente, eles são meio feios…
    Enfim! Muito frio por aí?
    Beijoca,
    Manu

  2. Kantareller como é conhecido aqui na Suécia, é um tipo de cogumelo selvagem que nasce em profusão nas florestas geladas aqui da Escandinávia. Mas depende das condições climáticas do verão, por exemplo. Para have boa “safra” deve haver o equilibrio perfeito entre calor e chuva.
    Uma curiosidade: Cada um que tem o hábito de colher kantareller, tem seu lugar secreto na floresta. Ninguém conta para o outro. É um segredo velado, nem revelado aos membros da familia! Porque todo ano é ir lá e colher. Se voce contar, corre o risco de ficar sem!
    Esse ano colhemos cerca de 5 litros deste maravilhoso cogumelo, que foi devidamente utilizado em molhos, sopas e guisados.
    O processo é um ritual. Chegamos em casa e limpamos um a um com pincel macio. Colocamos um litro mais ou menos numa frigideira grande, preferencialmente de ferro, e deixamos que saia a água até ele murchar e diminuir o tamanho mais que a metade. Guardamos em vidros esterilizados com a água que forma na frigideira e congelamos para quando precisarmos…
    Ah! existe kantareller enlatados!
    Abraços Fê…

Deixe a sua pitada: