Bacalhau à Zé do Pipo

bacalhau_ao_zeh_do_pipo1s.jpg
bacalhau_ao_zeh_do_pipo2s.jpg

Quis usar um bacalhaozão norueguês numa receita diferente. Como tomates e pimentões estão fora de temporada, decidi fazer uma receita cremosa. Gostei imensamente desta, que encontrei no bacalhau.com.br. Deixei o bacalhau de molho na água por 48 horas, enxaguando várias vezes. O sal ficou perfeito. Servi com arroz branco e salada de alface. O vinho verde encheu os copos. Tivemos a companhia do Gabe e Marianne e da Leila com Peter e Christopher na comilança.
Bacalhau à Zé do Pipo
Serve 6-8 pessoas
1 quilo de bacalhau
1 quilo de batatas
pimenta em grão
1 litro de leite integral
3 cebolas brancas
4 colheres de manteiga
2 xícaras de azeite extra-virgem
farinha de trigo para envolver o bacalhau
1 xícara de maionese caseira
sal a gosto
Dessalgar o bacalhau. Deitar o bacalhau em uma travessa refratária e cobrir com leite. Deixar por 3 horas. Depois, cozinhar o bacalhau no leite durante 5 minutos. Coar o leite por um passador fino e reservar. Limpar o bacalhau das peles e espinhas mais fáceis de retirar e dividir em pedaços. Para dar espessura às batatas cozidas e reduzidas a purê, juntar a manteiga e o leite que reservou. Temperar com sal. Cortar as cebolas em rodelas e refogar ligeiramente em bastante azeite. Retirar a cebola com uma escumadeira e, na gordura, fritar o bacalhau passado por farinha. Num pirex untado, espalhar metade do purê. Cobrir com o bacalhau e regar com a maionese. Dispor as rodelas de cebola e, à volta, enfeitar a seu gosto com rosetas do purê que sobrou. Levar ao forno para aquecer e tostar.

17 comentários sobre “Bacalhau à Zé do Pipo”

  1. Fer,
    já anda treinando para a visita a Portugal? Que delícia, hem? Deu saudade do Casal Garcia, que foi um dos primeiros vinhos que conheci no começo dos anos 80. Acho que era um dos poucos importados. Beijos, N

  2. Fer,
    Meu último post foi sobre um restaurante aqui em Sampa que serve praticamente só bacalhau. O Zé do Pipo deles é excelente!!!! Mas sua receita me deu água na boca de fazer aqui em casa. Vou tentar…
    bjs
    Andrea

  3. Olá Fer
    Vou tentar fazer o bacalhau, (depois conto)
    Agora…se puder, a próxima vez tente experimentar o vinho verde Alvarinho Deu la Deu. Excelente!
    Abraços
    Rubén

  4. Esse seu bacalhau teve um destino digno, delicioso e que rendeu óptimas fotos!
    Uma das minhas receitas favoritas de bacalhau, e no entanto há muito tempo que não preparo, sinto-me inspirada.
    Beijocas

  5. Gosto muito! Rico jantar para partilhar com os seus amigos! Curiosamente, este findi também fiz uma receita de bacalhau para oferecer a alguns colegas (um brasileiro, uma filipina e uma sul-africana). O colega brasileiro disse que era o melhor bacalhau que tinha comido… Será? Ou era só o jeito simpático para dizer que era bom? Só não acompanhamos com vinho porque era a única que alinhava! :o)
    Beijinhos
    P.S. Está a pensar ia a Portugal, Fer? Como disse que qualquer dia ia conhecer a Marizé… fiquei curiosa! :o)

  6. amo, amo, amo, amo, amo bacalhau à zé do pipo! aliás, bacalhau e rabanadas são as minhas perdições gastronômicas. eu, descendente de portugueses? que bobagem! :-))
    meu irmão é especialista nesse prato e na ceia de natal da família ele está sempre lá – lugar de honra, manja?
    adorei a mesa colorida. ficou linda!

  7. Adoro bacalhau.
    Aprendi a fazer um bem cremosinho também, a receita me lembra o famoso escondidinho, com diferença que é feito com batata e coberto com um molhinho feito com requeijão cremoso e chedar. Realmente muito bom!!!
    Também amo pães, tanto que faço alguns para ter sempre fresquinho sem precisar sair de casa e comprar.
    Parei um pouco pois estou acima do peso e meu colesterol não estava permitindo.
    Para unir o útil ao agradavel, eu sempre comia fatias quentinhas de pão(aquecidas no forno) com um filetinho de azeite e cheiro verde, que podia ser desidratado ou fresquinho, também bom demais!
    Minha querida, ótima semana,
    Bjos,
    monica

  8. Fer, que saudades!
    Esse bacalhau me lembrou que na 6a. feira Santa teremos um na casa de mamãe! Que delícia! 🙂
    Tô te devendo e-mail, não nego, escrevo assim que der! 😉

Deixe a sua pitada: