This is GOOD stuff!

Toda vez que come a minha comida, ela exclama com seu pesadíssimo sotaque de norueguesa—this is GOOD stuff! Ela nasceu no pós-guerra e cresceu num país pobre, onde o treat de Natal era uma maçã. A Noruega não foi rica até a década de 70, quando descobriram que o país tinha óleo e então tudo mudou. Mas no tempo dela as coisas eram diferentes. O pai tinha uma padaria, onde ela aprendeu a fazer contas e administrar orçamentos. Assim ela cresceu, com aquela noção de conservar, juntar, economizar, guardar a água que cozinhou as batatas pra fazer sopa, fazer caldo com os ossos que sobraram do frango assado. Bem diferente de como eu fui criada, com fartura, sem poupança, minha mãe ajudando os pobres invés de guardar dinheiro pra comprar casa na praia, meu pai dizendo mais vale um gosto que um tostão no bolso, num lugar rico em agricultura, com frutas e legumes abundantes, muito solo, muita água, o slogam do país do futuro. Eu nunca pensei em imigrar. Aconteceu. Ela decidiu e imigrou sozinha, ainda bem jovem, em busca do sonho na América. Hoje somos meio família e quando eu cozinho ela comenta bem alto—this is GOOD stuff! Porque realmente é. Ela é quantidade, estoque de lataria na garagem, compras em bulk no Costco. Eu sou qualidade, bons ingredientes escolhidos à dedo para alegrar o paladar. A comida dela é okay, mas a minha—sem falsa modéstia, é realmente GOOD STUFF!

11 thoughts on “This is GOOD stuff!”

  1. Tenho muita vontade de um dia conhecê-la…ela parece uma pessoa muito interessante e com muitas histórias para contar.
    Você ainda vou conhecer, com toda certeza!
    Beijos, querida!

  2. Oi, Fer!
    Estou com dificuldades pra ler o Chucrute, pois o texto aparece muito claro e as letras bem pequenas…por q será? Te pergunto, pois sou “zero” nessas coisas de internet..
    Beijão!

  3. Uma vez jantei com um alemão nascido no pós guerra que veio ao Brasil dar umas palestras. O jantar era na casa de outro professor mas era meio formal. Não é que no final o gringo ainda raspou o prato de uma menina que tava no lado dele e deixou umas sobras? Ficou todo mundo olhando horrorizado, mas o cara nem percebeu… Triste, não?

  4. Fer,este post me faz lembrar de alguns amigos dos tempos da Alemanha como a sogra de uma grande amiga que tendo vivido o pós-guerra até hoje guarda comida já “empratada” no porão(eca!) para a semana toda,por lá é comum entre os velhos ver certas economias e aproveitamentos..beijo!

  5. hmm..eh ela uma versao atualizada da MFK Fisher??:))
    Eu compro ovos organicos no Costco:)) Mas nao tenho duvida alguma que sua food eh good stuff..nao mesmo!!:))
    E, concordo com o seu, com o meu, com os nossos pais: Mais vale um gosto que um tostão no bolso. Mas comprar em bulk, nos deixa mais tostoes..hehe( (ok, estou falando de coisas que se compra em bulk, como {tp} e afins..:)..
    Love
    Bri

  6. com todo seu cuidado nao tenho duvidas do q suas mãos aprontam…sorte de sua amiga q esta ai pertinho e pode suspirar com suas delicias! bjos e bom fim de semana Fer!

Deixe a sua pitada: