essa que sou eu

Vou ao banheiro muitas vezes durante o dia. Indo ou voltando, penso na maioria das coisas que escrevo aqui. Vou porque bebo muita água. E faço caretas, espirro, limpo o nariz, cruzo as pernas, suspiro, bocejo e bufo. Isso herdei do meu pai. Quando estou concentrada em algo que não está dando certo, eu bufo. Depois que me toco que tem gente em volta, vendo e ouvindo minhas bufadas. Estou zumbi porque não dormi muito bem. Sonhei, acordei, chorei, fiquei com uma cara de pinguça. Tive uma senhora dor de cabeça. Vesti um macacão jeans e uma blusa branca, porque ouvi alguém dizer que um blues man se vestia assim, todo dia. Eu não sou um blues man, mas gosto de pensar que sou. Estou preocupada, eu sou assim, me preocupo e sofro por antecedência, fico nervosa, estressada, me acabo. Depois tudo dá certo, ou nada acontece e eu fico com aquela cara abestalhada, sorrindo com todos os meus dentões. E choro de alivio, de alegria. Mas sempre choro, disso eu não escapo. E esquento a moringa, me chateio. O dia nublou quando eu fiquei sabendo da morte do cachorro. Nada escapa, nada passa batido. Sou preguiçosa. Queria ter aquele pique de atleta, correr uma maratona, escalar uma montanha, esquiar. E saber fazer analises, me meter a escrever uma tese de doutorado, mas isso não seria uma boa idéia pois às vezes me arrependo ou tenho vergonha do que escrevo. E sou impaciente e imediatista, quero tudo agora, escrever agora, publicar agora, ler agora, fazer agora, chegar agora, acabar agora.

22 comentários sobre “essa que sou eu”

  1. Ai Fer, vc é tão gente, tão de verdade… como não te amar? eu tb sou chorona e imediatista e preguiçosa e queria ter talento pra escrever alguma coisa bacana e importante e… por aí vai.
    Beijão
    ps: o texto que a Véia tava lendo, da Normose, eu recebi esses dias num e-mail, mt bom mesmo.

  2. gosto tanto do jeito que vc. se descreve em algumas situações, te defines tão bem, tão claramente e te digo: tu não é normal! e entenda como um elogio por favor!
    Sou 100% Fezoca! mesmo quando você “tá assim” você é autêntica!
    por que vc. bota tudo pra fora e depois vai viver….
    li o post, e estava com outra página aberta (http://www.cuidardoser.com.br/para-alem-da-normose.htm
    conclusão dessas leituras…. adoro o “teus chucrutes”. viva os chucrutes da vida!!!!!

  3. gosto tanto do jeito que vc. se descreve em algumas situações, te defines tão bem, tão claramente e te digo: tu não é normal! e entenda como um elogio por favor!
    Sou 100% Fezoca! mesmo quando você “tá assim” você é autêntica!
    por que vc. bota tudo pra fora e depois vai viver….
    li o post, e estava com outra página aberta (http://www.cuidardoser.com.br/para-alem-da-normose.htm
    conclusão dessas leituras…. adoro o “teus chucrutes”. viva os chucrutes da vida!!!!!

  4. Vixe, tô assim faz uma semana. Vontade de largar o doutorado, a vida comportada, as idas e vindas ao banheiro (sim as pessoas do trabalho acham que tenho algum tipo de incontinência, sei lá…) e pegar o próximo avião prum lugar bem longe de SP. Depois respiro fundo, volto às leituras obrigatórias, às caras-e-caretas de todos os dias e começo tudo de novo! Bjos, bjos
    P.S.: vou comprar minha sorveteira cuisinart assim que receber o salário (rsrs)1

  5. Escreve maravilhosamente, Fer! Fez-me viver a intensidade dos seus “tormentos”…Quanto ao chorar, nem imagina como me irrita tanto eu também chorar quando não quero! Muitas pessoas encaram isso como sinal de fraqueza mas para mim não é necessariamente isso. Mas mesmo assim preferia que não me acontecesse…:o)
    Fico deslumbrada com os seus “post” tão simples mas tão cativantes!
    Beijos

  6. Oi, Fer. Conheci o seu blog há pouco tempo, e virei fã. A sua descrição de vc mesma no post de hoje parecia uma descrição de mim feita por mim própria! Mas uma hora passa… Sempre passa… Para escorpianos como eu passa a 1/2km por hora, mas passa…
    1 beijo, e bom te conhecer

  7. Ê, Fer…
    Você não está sozinha nessa dor… rs
    Acredite, li o que vc escreveu, e parecia que tinha sido eu. Chorona eu sempre fui, hoje só estou um pouco mais “centrada”.
    Imediatista, nem te conto. Tenho uma fama de chata duca, pq quero tudo pra ontem, e me cobro coisas que deveria ter feito um dia antes só pra não ficar mais ansiosa do que já sou. Sou doente com horários, datas, quantidades, compromissos… Essa é uma característica de pessoas detalhistas… É uma obsessão que nos põe loucas!!!
    Bom dia pra vc.

  8. Tirando o choro, já q eu quase não choro, essa aí era eu, até terça!
    Tava tão tensa, aguardando uma notícia, mastããão tensa, q nem dormia, comia ou vivia direito, de tanta ansiedade.
    passou, e trouxe alegrias!
    Bjos!!!

  9. Temos muita coisa em comum….tbem choro muito por qualquer coisa, sofro por antecipação…na verdade me estresso com muita facilidade…gostaria de ser mais forte, tipo um canhão e não traduzir as coisas com emoção.
    bjo
    VM do cerãmica

  10. Ahhhh, amiga. Espero que tudo isso nao seja reflexo de uma rotten week, como a minha. Good vibes for you:))
    E um emailzao a caminho, assim que a rotten week acabar..better be soon!!!!!!!
    ai ai
    soh isso ja me cansou:-/
    Bjs com carinho
    Bri
    PS: mas nada como meu perfect pesto pra me deixar um pouquinho mais falante..hehe

Deixe a sua pitada: