Cooking Breakfast For The One I Love

breakfast_love1.jpg breakfast_love2.jpg
breakfast_love3.jpg breakfast_love4.jpg
breakfast_love5.jpg breakfast_love6.jpg

Be Yourself é um filminho de 1930 muito divertido, com a figurete Fanny Brice, que ficou conhecida por gerações mais recentes quando Barbra Streisand a reviveu no teatro e no cinema, com a semi-biografia Funny Girl. Numa cena de Be Yourself a personagem da Fanny prepara o café da manhã para o namorado. Ela faz tudo enquanto canta, com todo amor e dedicação.
Ela prepara bacon, biscuits e oatmeal. Enquanto ela labuta subservientemente entre a cozinha e a sala, ele não move a bunda do sofá, onde senta-se confortavelmente apenas lendo o jornal. No filme, ela é uma artista, uma mulher forte e independente. Mas quando se trata de agarrar o homem—como ela mesma canta, tem que ser pelo estômago. E quando ele finalmente senta-se à mesa pra comer a refeição preparada por ela, ainda tem a cara dura de reclamar do mingau de aveia! E o pior nem é isso. O pior é que apesar de todo o esforço que ela faz, ele no final a troca por uma sirigaita loira, sem carater e interesseira.

9 comentários sobre “Cooking Breakfast For The One I Love”

  1. Oi Fer!
    Achei o seu site por acaso. Moro em Londres e estava dando uma receita de sea bass para a minha mãe pelo telefone (viva o Skype!). Não sabia como dizer o que era thymes para ela. Foi quando encontrei o seu site (o link dicionário e dicas).
    Não sei de ler blogs. Vivo Internet 24 horas por dia. É o meu trabalho. Mas não sei por qual razão fui lendo o seu até encontrar a origem do nome “chucrute com salsicha”.
    Não preciso dizer que estou chorando de rir até agora. Passei a “dificílima” receita da Maria José (adorei o detalhe da indicação da autora) para a minha irmã que mora em Salvador.
    Parabéns pelo blog! Excelente gosto! Se quiser a receita do sea bass, que é tudo de bom, é só escrever. Tenho váááááárias ótimas! Amo cozinhar!
    Bjks,
    GG

Deixe a sua pitada: