o gato verde

gatao.jpg

Um amigo português, estudante aqui na UC Davis, foi a Portugal de férias e me trouxe de presente um vinho verde. Eu tinha levado uma garrafa do néctar refrescante para dividir no último picnic que tivemos e matraquei tanto sobre a minha mais nova paixão, que ele se comoveu e disse—vou te trazer uma garrafa de lá! E trouxe mesmo, oh gajo simpático!

11 thoughts on “o gato verde”

  1. Pois eu,portuguesa de Lisboa,não consigo achar graça ao vinho verde…Até este verão só gostava de vinho tinto(do Douro,se possivel..)e de caipirinha….mas tenho que confessar que este ano me rendi á sangria!!!Com sardinhas assadas ou ameijoas á Bulhão Pato…viva o Verão!!!

  2. você experimentou o vinho verde com uma jornalista, e desde então não parou de falar dele.
    minhas lombrigas, que me fazem uma mulher fraca, se inquietaram e eu TIVE que experimentar esse vinho verde e também virei fã.
    com essa queda por gatos que não tem explicação, só compro o vinho gatão, afinal, na prateleira, como resistir a esse simpático felino (quem é que usa a razão pra fazer compras afinal?).

  3. Fernanda,
    eu adoro os nomes e os rótulos dos vinhos portugueses, são sempre ótimos.
    Já estão deixando embarcar com líquidos a bordo de novo? Por que tinha sido proibido, agora se liberaram, ah que beleza.
    Bjs

  4. Este gatão verde está muito parecido com um gatão de cerâmica que minha filha pintou estes dias e que agora anda enfeitando a sala..beijo!

  5. Esse Gatão é um dos nossos melhores embaixadores lá fora… Infelizmente, às vezes… 🙁 Muita gente estrangeira que não lei o Parker julga que é o único vinho que temos por cá…
    Todavia, fresquinho, com marisco, até não é mau de todo. 🙂
    Beijão.
    PS: em verdes, eu gosto mesmo de Palácio da Brejoeira e Muralhas de Monção.

  6. Fer, meu pai é português.
    Uma das minhas lembranças de criança, das festas de fim de ano e ocasiões festivas em casa, é das garrafas vazias deste vinho, especificamente – Gatão, que a família do meu pai adorava (eles são todos do Minho, que é um grande produtor de vinho verde – e eles próprios já tinham trabalhado na produção)!
    Eu, particularmente, nunca provei dele, acredita? Mas gosto bastante do Aveleda Alvarinho, que é verde, tb, e do Ponte da Barca – deliciosos!!!
    Bjooo

Deixe a sua pitada: