Ratatouille – o filme e o rato

Quando vi o Roux naquela posição tensa e rígida no patamar da janela, imediatamente corri pra tentar ver o que ele estava vendo. Um coelho? Um passarinho? Ou, argh, um rato? Fixei meus olhos na direção do focinho do felino e vi, galgando ligeirinho pelo tronco do meu limoeiro, uma IMENSA RATAZANA CINZA!!

Fiquei descabelada! Liguei para a empresa de controle de pestes que nós contratamos ratatouille_littlechefremypara lidar com as formigas e que chamamos para outros casos quando precisamos. Deixei um recado extremamente nervoso. No dia seguinte na hora do almoço chega o rapazinho da empresa.

—estou respondendo a um chamado sobre roedores…
—sim, e eu quero ver esses ratos todos MORTOS!

Pegamos a sessão das dez para ver o novo filme de animação da Pixar. Nem pensem que eu sou do tipo que vejo esse tipo de filme. Os poucos que vi até hoje foram puro acidente, normalmente assistidos no avião, durante uma viagem longa, quando acabam todas as outras opções. Acho tudo muito lindinho, mas esses filmes não são bem a minha praia. Nunca sairia de casa de livre e espontânea vontade para ver no cinema uma animação da Pixar. Mas ontem eu fiz, porque o filme era Ratatouille, a história do ratinho cujo sonho é se tornar um chef em Paris.

Andei lendo que essa é a melhor e mais perfeita animação feita pela Pixar. É realmente impressionante a riqueza dos detalhes e pormenores. Muitas vezes quase juramos que as cenas são reais. O ratinho, little chef Remy, é a coisinha mais fofa e encantadora do mundo! Os ratos do filme não são estilizado nem embelezados, para se tornarem fofinhos. São ratos mesmo, vivendo em sótãos ou esgotos, roubando comida. Mas Remy tem o paladar e o olfato super desenvolvidos e refinados e é fã de Gusteau, um chef parisiense famoso. O filme vai agradar toda a blogosfera culinária. É impossível não se identificar um pouco com Remy e não ficar balançando a cabeça e rindo com cara de bobo em certas cenas. Uma em especial, quando o temível crítico Anton Ego [dublado por Peter O’Toole] coloca a primeira garfada do ratatouille feito por Remy na boca—é de rolar lágrimas bolotudas pelo rosto. O filme é simplesmente um primor.

Ficamos com aquele riso nervoso enquanto víamos o bando de ratazanas do filme. O que vamos fazer com o rato invasor do nosso quintal, que está comendo nossas nectarinas e tomates? Meu marido disse que mesmo glamourizados em filminhos, ratos continuam ratos. Mas como eu sou uma pessoa abobalhada, fiquei com a imagem do Remy misturada com a visão da ratazana descendo do meu limoeiro. Ratos de animação, ratos de verdade: amem e odeiem.

30 comentários sobre “Ratatouille – o filme e o rato”

  1. Bem…sou que nem aquele rato…pois luto pelo que quero NA VIDA…a messagem do filme é que todo mundo pode, basta lutarmos…

  2. Olá…adorei sua colocação, sempre é assim.
    Mas fui assistir este filme da Pixar incrivelmente porque fala sobre ratos…sou fascinada por ratos de todos os tipos, tamanhos e cores.
    Tenho atualmente 20 ratos de estimação, inclusive alguns salvos de laboratórios…
    Infelizmente nossos amiguinhos de esgotos são doentes por causa do lixão que o ser humano construiu…e a eles não tem culpa nenhuma…
    Nojo? tenho sim da sujeira humana.
    Quanto ao seu amiguinho de jardim, existe ratoeiras de caixa que não vai matar o bicho e você pode levar ele pra bem longe… se caso quiser…
    Os meus preferem verduras as frutas de nectarinas.
    Um grande abraço e visite meus ratos no meu blog.

  3. Olá…adorei sua colocação, sempre é assim.
    Mas fui assistir este filme da Pixar incrivelmente porque fala sobre ratos…sou fascinada por ratos de todos os tipos, tamanhos e cores.
    Tenho atualmente 20 ratos de estimação, inclusive alguns salvos de laboratórios…
    Infelizmente nossos amiguinhos de esgotos são doentes por causa do lixão que o ser humano construiu…e a eles não tem culpa nenhuma…
    Nojo? tenho sim da sujeira humana.
    Quanto ao seu amiguinho de jardim, existe ratoeiras de caixa que não vai matar o bicho e você pode levar ele pra bem longe… se caso quiser…
    Os meus preferem verduras as frutas de nectarinas.
    Um grande abraço e visite meus ratos no meu blog.

  4. Diferente de você, eu assisto a toas as animações do estilo Pixar, Disney etc e coleciono os DVD’s, hehehe! É claro que, em especial, esse do ratinho eu nem vou esperar sair o DVD, vou correr pro cinema esta semana e ver as aventuras do nosso coleguinha de fogão, hahaha.
    beijos,
    Sam, que andou enrolado com o fim do semestre letivo e ficou bem longe de tinternet.

  5. Oie…. vi este filme ontem e to apaixonada…. sabia que iria encontrar ele em blogs gastronômicos e tenhoa mesma impressão de vc… eles não fizeram questão que o Remy e sua familia fossem fofos!!! Eu confesso saio de casa pra ver disney e pixar e CHOREI no filme, junto com meu marido que é chefe de cozinha… agora imagine pra ele a mensagem que o filme passou… definitivamente não é um filme pra crianças!!!
    BEIJINHOS

  6. Vi esse trailer e simplesmente adorei, o desenho é um primor e claro que vou assistir, pois sou louca por desenhos, animações e ilustrações, ainda mais da pixar!
    Bjo

  7. Fezoca, no sábado passado a familia foi ao cinema ver o Shrek the third e vi a apresentação para breve desse filme que falas, eu gostei, esse ratinho vai passar por aventuras engraçadas, vou ter que ir ver o filme…pois o Lipe disse logo:
    -Mãe, mais um filme que temos que ver!!! :0)
    Beijos

  8. Eu tambem assisti o filme no final de semana, ADOREI!! Ate Matheus gostou bastante!
    Muito bonitinho o filme, fora a culinaria da coisa, muito legal mesmo!
    O ratinho eh mesmo fofo, mesmo sendo rato, como voce falou! hehe! Mas p/ mim rato so mesmo no desenho, de verdade…. eeek!!!
    Ana

  9. Vi o trailler com meus filhos quando fui assistir com eles ao Piratas do Caribe e foi bonitinho o olhar deles para mim, olha lá mãe, este é para você. Bjs!

  10. Ainda não vi o filme… Mas detesto ratazanas! Aliás, elas nem pensam em aproximar-se de casa… Tenho dez gatos! E um cão biggle que tem caça no sangue… Nem as ratazanas lhe escapam. Tenho uma maneira bem ecológica de me livrar dos bichos, nê…? ;-D
    Beijão.

  11. Fer, depois deste post, fiquei louca de vontade de ver o filme. Mas ratos de verdade, coitados, transmitem doenças. É melhor mesmo chamar o Exterminador!

  12. Fer, eu assisti o filme no domingo, e amei!!!
    Eu simplesmente adoro os desenhos da Pixar e da Disney, pareço uma criança!!! Fiquei com vontade de ver de novo… a comida parece de verdade!!!
    Bjoooo

  13. Oi Fer! pois eu estou bem a fim de ver o desenho do rato cozinheiro,já até combinei com minha filha de oito anos,acho que vou adorar!beijo prá ti!

  14. O meu marido encontrou um camundongo no nosso banheiro há dois meses. Eu ainda estou traumatizada! Cheia de cacoetes e dormindo toda coberta em pleno verão (nossa cama é estilo japonesa no chão).
    Por aí já dá pra sentir que eu tenho sentimentos confusos quanto ao filme.
    Adorei os últimos textos. Beijos!

  15. Fer, quantos ratos na sua vida!! Mas pense como você é mais poderosa do que eles. O Remy você encontrou porque quis e o “mickey” aí do seu jardim é você quem vai mandar embora, mesmo que seja através da empresa. Também estou maluca para assistir esse filme, aqui estréia na sexta. Beijo.

  16. Estou com muita vontade de ver esse filme, não sei quando vou ter tempo. Já avisei o Marcel que ele está convocado a aassistir comigo. Pretendo procurar um lugar que passe legendado…bjo, Nina.

  17. Ah, Fernanda, vi o trailler, mas não é para mim, não. Tenho fobia de rato, camundongo, etc. Pode ser em desenho animado ou o que for. Passo mal, o coração dispara, as pernas ficam bambas, as mãos começam a suar e me dá uma pânico total e absoluto.
    Mas confio em você que o filme é fofinho. 🙂
    Bjs

  18. ai na época das chuvas é um inferno…outro dia minha cachorra pegou um ratinho…ai que nojo!!! nem olhava pro bicho pra retirá-lo do quintal…ieca!!! mas esse cozinheiro acho que vou assistir…mas pensa bem, podia ser outro bicho e nao um rato q é tão sujo!que horror associar um rato à comida!!! bjos

  19. Fer, eu já anotei esse filme para ver, infelizemente não sei quando vai dar…mas pelo trailer que passa no Discovery Kids (ultimamente meu canal fixo na TV…rsrsrs) parece uma delícia mesmo! Adorei a idéia do filme e depois do seu relato só fiquei com mais vontade. O nome também achei uma graça!
    Espero que seu roedor maligno comedor de nectarinas e tomates vá embora…
    Um beijo grande!

Deixe a sua pitada: