uncanny

uncanny1.jpg uncanny2.jpg
uncanny3.jpg uncanny4.jpg
uncanny5.jpg uncanny6.jpg
uncanny7.jpg uncanny8.jpg
uncanny9.jpg uncanny10.jpg
uncanny16.jpg <uncanny15.jpg
uncanny13.jpg uncanny17.jpg
uncanny11.jpg uncanny12.jpg

Imaginem o primeiro Burning Man. Ou um micro-burning man. Poderia ser o evento Uncanny, organizado por estudantes do colégio de Design e Technoculture da UC Davis. Numa fazenda e vinícola orgânica próxima de Davis, o evento incluiu um pouco de tudo—performances de arte, dança, música, instalações esdrúxulas, comida orgânica, e atraiu um público bem eclético. Eu fui com os meus amigos Heloisa e Michael e prestigiamos o show de outros amigos, David e Scarlet, que tocaram e cantaram bacanérricamente. Ficamos até às nove da noite, quando o pessoal realmente começou a chegar em peso. Enquanto nós saíamos, muitos carros e pessoas em bicicletas chegavam. A entrada era uma doação e o bilhete era uma casca de noz amarrada num barbante. Felizmente eu fui de botas, porque o lugar—no meio de uma clareira, era um poeirão só!

7 comentários sobre “uncanny”

  1. Fezoca!!!
    Não sei dizer de qual foto gostei mais…
    Adorei a das luzinhas cor de rosa no trailer com desenhos estelares!!! Deve ser mais fofo do que pela foto!!! Amei o cardápio orgânico…o povo nos sofazinhos, liiinda!!! E a do guri cantando, ficou mto legal tb…
    Adoro suas fotos!
    Bjoca,
    Manú

  2. O sonho do meu marido é participar do Burning Man. Temos amigos que vão todo ano e adoram. Devo confessar que não é a minha praia muito não, aind mais agora com a “patroazinha” a tira-colo.

Deixe a sua pitada: