não é um barato essa barata

Quem me lê há um tempinho sabe que eu trabalho para o programa de gerenciamento integrado de pestes da Universidade da Califórnia. Não tenho nada que ver com as pestes, só mantenho o website. Mas tem dias que eu vou te contar, viu—fico descabelada, arrepiada e enojada com a visão da bicharada. Cheguei depois do almoço, pois tirei a manhã de folga e o primeiro e-mail que abri foi o do meu chefe, pedindo pra eu parar de fazer o que estava fazendo—uma atualização massiva das pragas dos feijões, e trabalhar na pagina das baratas. Sim, BARATAS, você leu muito bem. Então logo após meu delicado e saboroso almoço eu trabalhei numa página cheia de baratas—fotos de baratas, desenhos de baratas, toneladas de informações preciosas de como identificar e se livrar dessas horrorendas cascudas. Quando eu trabalho nessas páginas, tenho que ler o material minuciosamente, porque faço um pouco de edição e não posso deixar passar nenhum errinho. Sinceramente, dependendo do bicho simplesmente não é fácil. Já terminei a página, que já foi pra revisão, mas ainda estou com o estômago revirado. Uma tarde nada agradável na companhia de Dona Baratinha….

9 comentários sobre “não é um barato essa barata”

  1. Tenho uma receita caseira de preparo para matr baratas,se houver interesse?……
    beijos
    p.s Fiz o fresh cake de gengibre, ficou ótimo

  2. Sheila, nao eh um trabalho triste, muito pelo contrario. Tem esse detalhe das pestes [um detalhao!!]. mas o pessoal com quem eu trabalho eh dez, os beneficios sao mil, e eu gosto muito do que faco, apesar das baratas…. 🙂

  3. Ui…. que horror! Não tenho medo nem nojo absurdo de baratas, mas tbm não sou fã, rsrs. Trabalhinho triste hein? Pelo menos deve ter ficado expert em métodos de eliminação neh?

  4. ai, só de pensar eu já fiquei arrepiada. Me mostre todos os outros bichos, vermes e micróbios, mas por favor, extermine as baratas. Eu digo obrigada a Deus por morar num país onde este bicho é raro (em silos, etc, tem sim, e eu já trabalhei para uma firma de transporte q tinha silos e ficava tonta só de pensar q ali tinha baratas). Vc é corajosa, eu nem olho para fotos!
    Bjs

  5. fer, eu nao poderia fazer isto jamais !! em um desenho aqui Oscar le cafard, (oscar a barata) que meu filho ve, eu nao consigo nem olhar ! e estou tao contente de nao ver mais baratonas, que eu via sempre no Rio. bj

Deixe a sua pitada: