I see jack rabbits

Grumpy old me indo para a cozinha pela manhã para abrir a lata de comida dos gatos com aquela cara de mal humorada de sempre, quando vejo uma coisa peluda pulando pelo quintal. Tive um sobressalto, pois às vezes recebemos visitas nada bem-vindas de ratazanas vindas do Arboretum da universidade—de onde vem também os patos que acampam no gramado do jardim. Mas que surpresa, parei admirada e encantada com a visão delicada e fofinha de um filhotinho de lebre, um jack rabbit. Eles são uma verdadeira praga, mas oh dear lord, são também tãooooo adoráveis. Fiquei um tempão ali na sala, olhando o bichinho com um sorrisão na cara, enquanto ele piscava as orelhinhas e comia folhas verdinhas de um belo dandelion ali brotado no meio dos pedregulhos. Os gatos me olhavam da cozinha com aquela cara de “cadê o nosso rango, madame?”. Só parei de sorrir e voltei à minha cara normal de birrenta matinal quando a lebrezinha se retirou, aos pulinhos. Esses bichinos comem as ervas da minha horta, destroem tudo, mas são fofos demais de olhar. No campus da universidade há uma verdadeirta infestação de esquilos e eles muitas vezes são inconvenientes, atrapalhando a passagem das bicicletas e nos dando sustos, quando pulam sem aviso na nossa frente. Mas mesmo eles sendo uma importuna onipresença, sempre dou risada quando vejo um—e acho que vejo uns 877665554 por dia! Como as lebrezinhas, os esquilos também são uma das pestes mais adoráveis do planeta.

9 thoughts on “I see jack rabbits”

  1. Eu sou do time dos que adora coelhos e esquilos. São uns bichinhos bonitinhos mesmo né. E bem serelepes. Pena que por aqui a gente não vê eles quase nunca.

  2. Ci, eu acho fofo e gosto de olhar e rir, porque eles me fazem rir. Mas alimentar nao! Isso causa um desiquilibrio ecologico que voce nao pode imaginar. As centenas de ratos infestando o Arboretum sao resultado dos bem intencionados que dao comida para os patos… :-((
    bjos,

  3. Aonde moro tem tantos nesta epoca do ano. Quando vou pra estacao de trem de manha, bem cedinho, tem muitos cruzando a rua. temos que ter cuidado para nao run them over pois eles sao muito rapidos e as vezes comecam a cruzar a rua de repente. muito lindinhos.

  4. Fer, minha mãe americana alimentava os esquilos, e no ano passado eu até bati uma foto de um deles: era um esquilo super obeso!!! Ela disse que os vizinhos queriam matá-la por alimentar os bichinhos, mas ela, como você, sempre sorria ao vê-los pela janela da cozinha… ;o)

  5. O engraçado é que o povo daqui, que planta horta e cuida de jardim, tem verdadeira ogeriza a esses roedores peludinhos. Mas são tão angelicais, as pestinhas, que há quem queira acolhê-los em casa como bichinhos de estimação, meu marido, por exemplo. Imagine…

  6. antes essas pragas fofas às nojentas! quem não abre um sorriso ao ver um bichinho gracioso desses…mesmo sabendo o trabalhao que teremos ao limpar o jardim, arrumar a horta, mesmo com tudo isso, vale a pena! bjos

Deixe a sua pitada: