o pão de tapioca

paotapioca.JPG

Tudo o que eu vejo de diferente, eu TENHO que experimentar. Muitas vezes dou com os burros n’ água, como foi o caso desse tapioca bread. O negócio é wheat free, gluten free, dairy free, casein free, no saturated fat, zero trans-fat, no cholesterol, no sugar, no preservatives, embalado a vácuo com garantia de que pode ficar UM ANO na prateleira sem refrigeração, se estiver fechado. Resumindo: o pão tem gosto de NADA. Mas eu até que fiz um sanduba de queijo, presunto e tomate com ele, e ficou bem comível, por causa do recheio. O pão puro não tem a menor condição, além do que ele tem um cheiro meio ácido e enjoativo. Está na geladeira desde então. Será que vai durar um ano ou um século assim refrigerado? Pode até ser útll para excursões na selva ou no deserto, ou para estocagens preventivas no caso de uma hecatombe nuclear.

20 comentários sobre “o pão de tapioca”

  1. eu ando num processo de nao comer mais carne, mas esses excessos de pão de vento, não me agradam. A vida é uma só e um dos prazeres do pobre é comer ha ha ha. Fer que loucura é aquela sobremesa ali embaixo, meu deus do céu !!! Fiquei freguesa do bolo de banana e hoje vou experimentar a salada de grão de bico, adaptando alguns ingredientes. Até comprei o coentro que descobri que em francês é coriandre. Beijocas.

  2. Pois entao, eu torrei o dito cujo pra fazer uma farinha de pao – mesmo torrado ele continuou RUIM. acho que ele tem um gosto sim, gosto de PAPEL! :-)) sem condicoes… 🙂 beijocas gerais, queridos amigos!

  3. Fer, minha ex-sogrita-française se recusava a comer qualquer coisa que não tivesse algum ingrediente que deveria ter. Na casa dela não entrava nada fat-free, sugar-free, cholesterol-free, taste-free.
    Sou aventureira e gosto de experimentar coisas novas, mas às vezes concordo com a Madame 😀

  4. Ahahahah muito bom! Poxa, quando eu vi pão de tapioca, ja me interessei. Mas essa lista de qualidades não me animou muito. Ele parece uma torrada bauduco. Mas foto está muito bonita. E esse prato é lindo, hein!

  5. Hahahahaha, vc me mata de rir, Fê.
    É isso aí, eu tb sou uma curiosa que às vezes se dá mal, aí o troço fica lá esquecido no armário ou na geladeira, até ser jogado fora.
    Mas, pensa bem, um pão que pode durar até um ano fora da geladeira? só podem mesmo ter retirado dele tudo o que fazia do pobre um pão de verdade, não é? kkkkkkk
    Mas a Brisa deu uma boa sugestão, faça farinha de rosca, misture com um pouco de parmesão ralado e use para empanar.
    Bjs

  6. Fer, q pena nao ter gosto… eu tbem adoro experimentar coisas diferentes e vez ou outra acabo me metendo nessas encrencas, hehe!!
    Looks like um pao desses aqui em casa iria virar bread crumbs!
    Ana

  7. Também tenho esta mania de me meter com coisas obscuras… Na grande maioria das vezes não dá certo meeeeesmo!! Mas o sanduíche ficou com uma carinha apetitosa…
    Abraço e boa semana.

  8. Realmente a aparência é bonita, não suspeitaria mesmo que não tem gosto de nada. Ainda mais assim, tostadinho. E eu não tenho o menor problema em substituir gordura saturada e trans, mas substituir o leite é uma heresia! 🙂 Viva o leitinho de peitinho!

  9. hahahaha Fer!! Adorei saber:)) Uma vez cismei de fazer um bolo assim, ficou muuuuuito ruim!! Nao tinha ovo, fat, acucar..hahahaah
    Fer, e se voce tentar fazer croutons ou farinha para empanar?? Pelo menos a perda nao eh total..hehe
    Bjs e otima semana!!
    Bri

Deixe a sua pitada: