não é só pra inglês ver

Quando a Elise me ligou dizendo que ela e o pai estavam fazendo a minha receita de salmão, vulgo Moqueca da Paula, me acomodei num lugar estratégico para observar como uma blogueira profissional bloga. Foi fascinante e aprendi algumas coisas. Primeiro com uma conversa sobre generalidades blogais, depois sobre fotografia, e finalmente com o desenvolvimento em tempo real de um post culinário. Foi muito proveitoso pra mim, que me considero uma eterna aprendiz, poder compartilhar da maneira de blogar de uma pro, que bloga o que come, sem exatamente ser o jantar de ontem.
Gosto de blogar, por isso faço isso há tantos anos. E adoro conversar sobre blogs, blogagens, observar e analisar o comportamento da blogosfera. É interessante e muitas vezes surpreendente. Considero os meus blogs extensões virtuais da minha casa. Aqui é a aconchegante cozinha, ali é a sala de visitas, e é a sala de estar. Recebo diariamente muitos visitantes, que vem de lugares diferentes e gozam de uma certa familiaridade com várias línguas e culturas. A maioria faz uma pequena visita de minutos e se entretem com o que encontra, senta, toma um chá, olha um livro, vê um filme, ouve uma música. Pode conversar comigo ou só entrar e sair calado – mas quase sempre com um sorriso nos lábios, pois pra isso eu dou garantia!

7 comentários sobre “não é só pra inglês ver”

  1. Fer, na sala de visitas eu sempre entro, mas não conhecia a sala de estar. E seu sorriso é inconfundível, a Elise colocou até uma foto com sua marca registrada, ficou muito linda. Bjs!

  2. Fer
    Você tem toda a razão. O sorriso é garantido. Aliás, se você cobrasse pelo sorriso, estaria milionária. Hehe.
    Mas o dinheiro fica em segundo plano quando fazemos os outros felizes não é? Nem que seja por alguns segundos com uma linda foto.
    Beijo
    Diego

  3. Amiga, acho que já posso te chamar assim, é sempre tão bom vir te visitar, o sorriso é certo sim, mas também a energia boa que emana dessa cozinha, os aromas inebriantes, e a sensação de que já tomamos muitos cafés (vinhos, Prossecos, enfim…) juntas. Poder estar aqui é muito bom e mais ainda é conhecer tantas pessoas interessantes e cativantes a partir de uma simples visita aqui. Obrigada por abrir esse lindo horizonte. Posso dizer que estou mais feliz e com vontade de fazer ainda muito mais. Muitos sorrisos para você!
    Um beijo grande!
    http://www.mangiachetefabene.wordpress.com

  4. Ah Fer, mas com certeza, me sinto tão em casa quando entro aqui… aliás, melhor que em casa, na cozinha, aquela cozinha grande, confortável, feito aquelas de fazenda, com mesa grande, sempre posta, onde a gente faz as coisas, bate papo e belisca ao mesmo tempo. E sempre com um sorriso.
    Bjs

  5. Querida Fer
    De manhã assim q chego da academia.A primeira coisa q faço é ligar o computador e entrar logo no seu maravilhoso blog. Me faz tão bem, ler as suas prosas e receitas.
    Ontem no almoço fiz a sua receita de Salada Waldorf, com a maionese. A dica foi sua de fazer a maionese com gemas de ovo cozidas.
    Minha salada ficou maravilhosa!!!!
    Um grande beijo
    Anna

Deixe a sua pitada: