the funky pie

É craro, Creuza, que eu tinha que inventar alguma receita neste Thanksgiving! Vocês devem estar pensando: duas receitas, de sobremesa, seguidas quase à risca, que deram certo? Não devo estar lendo o Chucrute com Salsicha! But worry no more, pois aqui está uma autêntica invencionice que passou raspando de ficar uma droga!

thefunkypie.JPG

The Funky Pie
Cozinhei meia abóbora e duas batatas-doces vermelhas, os yams. Quando estavam bem molinhas, escorri e coloquei na batedeira com duas colheres de sopa de açúcar mascavo [pode colocar 1 xícara de açúcar, na boa!], 1 xícara de creme de leite fresco [heavy cream], a polpa de dois caquis bem maduros e todas as spices que você conseguir combinar – eu usei canela, cravo, noz moscada e cardamomo. Bata bem e coloque numa forma forrada com uma receita do pâte sucrée – eu inventei uma versão com avelãs, que deu um sabor extra e uma certa crocância à massa. Asse em 385ºF/196ºC por mais ou menos 1 hora, ou até a massa ficar dourada e o recheio bem firme.
Pâte sucrée – versão avelãs
1 1/4 xícara de farinha de trigo
4 1/2 colheres de chá de açúcar
1/2 colher de chá de sal
1/2 xícara de avelãs moídas
1/2 xícara [1 tablete] de manteiga sem sal gelada e cortada em pedacinhos< 1 ovo grande batido 2 colheres de sopa de água gelada, mais se precisar No processador pulse a farinha, sal, a avelã moída e açúcar até misturar. Adicione a manteiga e processe até ficar com uma aparência engrossada, uns 10 segundos. Adicione o ovo e pulse. Com a máquina em velocidade normal adicione a água até a massa ficar consistente. Retire do processador, forme um cilindro, embrulhe em plástico e ponha na geladeira por pelo menos 1 hora.

4 comentários sobre “the funky pie”

Deixe a sua pitada: