os verdinhos vão secar

willdrybasil.JPG

Eu uso as ervas frescas o quanto posso. Mas não é possível consumir tanto, então todo final de verão começo a secá-las. Seco o basilicão, o orégano, o tomilho, o hortelã, o alecrim, a sálvia e o que mais aparecer. O bom é que, vivendo num clima seco, eu não preciso fazer nada para secar as verdinhas. É só abandoná-las por uns dias em cima de um prato, num canto qualquer. Depois moer as folhas com as mãos mesmo e ensacar ou envidrar o produto que será usado nos meses de inverno.

8 comentários sobre “os verdinhos vão secar”

  1. fer, eu nem sabia dessa possibilidade. será que mantém as propriedades? eu adoro manjericão fresco, mas o problema é que ele estraga mais rápido do que consigo consumir. se der pra secar e guardar, é melhor do que nada… beijim

  2. Fer, que delícia ter suas próprias ervas! Estou aqui com um pezinho de hortelã que minha sogra deixou, mas tenho um sério problema com plantas aqui. Elas logo enchem de pulgões ou senão uns bichinhos branquinhos que voam. Você pode me ajudar?

  3. Tudo q eh feito por nos eh sem duvida superior em qualidade a qualquer produto comprado pronto.
    Eu tbem gosto de secar meus herbs, ja ha dois anos q eu nao compro mais oregano seco, porem o manjericao nunca sobra muito… adoro um basil no verao! (e nao tenho tantos pezinhos assim, ano q vem vou plantar mais com certeza!)
    Ana

  4. Também adoro as verdinhas! Ontem mesmo tomei um chá de erva cidreira, bem natural, nada de sachês, colhida na roça mesmo.
    E suas páginas contibuam cada vez mais atraentes, o texto e o contexto, ibdem. Não me importo com a catação de milho. O que continua mais importante mesmo é o conteúdo, ou seja, contexto e o hipertexto.
    Bjs

Deixe a sua pitada: