a mesa nua

mesanua.JPG

Eu adoro a minha mesa da sala de jantar, porque ela tem história. Ou histórias, porque conta também a de como ela chegou à mim. Eu estava procurando uma mesa há meses e só via coisas cafonas e caras. Um dia resolvi olhar uma loja de móveis usados que tem aqui em Davis. O dono compra containers em leilões, então nunca se sabe as tralhas que vão aparecer por lá. A loja é imensa e atolada de coisarada. Dá a impressão de um junkyard. É difícil até de achar e olhar o que interessa. Fui lá sozinha um dia. Vi uma mesa interessante. Voltei lá num outro dia com a sogra do meu filho, que é uma antique dealer, pra ela avaliar a mesa pra mim. Chegamos lá e a tal mesa tinha desaparecido. Olha daqui, olha de lá, vi essa linda mesa rústica, linhas simples, pés simples, nada de rebuscagem. A Reidun olhou os micros-detalhes, até se enfiou embaixo dela pra investigar os insides. Deu cartão verde, a mesa estava em excelentes condições. Não só isso, o preço estava uma barganha e ela até me deu uma estimativa da idade da peça – feita entre os anos 20 e 40. Comprei!
Quando o dono foi entregar a mesa, confirmou a estimativa da Reidun. A mesa foi feita em Berkeley, Califórnia, nos anos 20. Portanto, tem mais de 80 anos. Ela é linda, robusta, charmosa e acomoda até 12 pessoas. Sou hoje a feliz proprietária dessa peça cheia de marcas e ranhuras, feitas por outras famílias no decorrer desses oitenta anos.
Por causa da beleza rústica dessa mesa, as toalhas de pano cairam em desgraça aqui em casa. Uso as minhas somente na mesa que tenho no quintal e que é feia pra burro. Na mesa da cozinha uso placemats porque é mais prático para o dia-a-dia e na mesa da sala de jantar muitas vezes já ousei não usar nada, apenas colocar os pratos sobre a madeira escura. Pra mim aquela madeira tem que ser mostrada e exibida. Pois não tem toalha de linho mais bonita que os nuances e ranhuras daquela esplêndida peça de carvalho.

9 thoughts on “a mesa nua”

  1. linda a tua mesa, fer. um dia, se deus quiser, serei a feliz residente de um apê com uma cozinha grande o suficiente para acomodar uma mesa de refeições decente. tenho uma quadrada na sala, onde nos sentamos para todas as refeições, mas já tive uma maior. infelizmente, tive que dá-la ao meu irmão quando nos mudamos para cá. aprendi com minha mãe a nunca comer de prato na mão, nem com a TV ligada. meu filho curte e reclama quando não nos reunimos. essa coisa de mesa pra mim é fundamental. bj

  2. Fer, que delícia ler o que vc escreve! Em casa(agora dos meus pais) temos 2 mesas que eles “acharam” numa fazenda antiga em MG! São mesas enormes, super lindas, cheias de marcas e histórias para contar! Eu já cantei minha mãe para me dar uma, mas a briga vai ser grande…tenho 2 irmãs…
    As mesas têm gavetas no meio e segundo a lenda era para esconder as travessas e pratos quando chegavam as visitas indesejadas…rsrs…
    Um beijo.

  3. Fer, você sempre arruma a mesa para as refeições com tanto esmero! Eu acho lindo isso. Até nos dias comuns você usa guardanapos de pano? Parece que sim, pelo que estou vendo ali na foto do Roux. Parabéns, admiro muito esse capricho. Com uma mesa arrumada assim, até a comida parece ficar mais gostosa, não é?

  4. Oi, Fer!
    Que mesa linda!
    Me fez lembrar do armário de cozinha que “herdei” da minha vó – a cor é a mesma. (Ela disse que eu tenho carta-branca pra levá-lo pra minha futura casa). Foi comprado por ela e pelo meu avô na Argentina, antes dos dois casarem (e isso já tem uns bons 60 anos). Adoooro aquele armário e namorado já sabe que não importa como será a nossa cozinha, tem que ter um espacinho pro meu lindo armário antigão! 🙂
    Beijos!

  5. Concordo plenamente com vc, Fer. Já falei aqui, sua mesa é mesmo estilosa e dispensa paramentos. Os acessórios, garimpados em nichos tão especiais, são bem originais.
    Enquanto, a minha mesa, é tão simplória que, sem uma toalha legal, a louça e a comida perderiam todo o encanto…
    Ah, e pode abusar das fotos que nós apreciamos, e a star merece! Bjs

  6. Fe, já tinha visto esta mesa em outras fotos e amei a cor dela principalmente. Nem tinha notado que da pra tanta gente. Mas também, como notaria,ne?!? Que ótima estoria. Adoro mesa grande, que acomoda um monte de gente. Que une todos.

  7. minha tia-avó tinha uma semelhante, com uma gavetinha no meio. não sei que fim levou, mas sonho em ter uma dessas na minha casa…quando eu tiver uma casa 😉
    coincidência das coincidências, acabei de publicar a foto do joguinho americano que ganhei no sábado…
    bjs

Deixe a sua pitada: