a cozinheira ficou cansada

Dois dias preparando a ceia de Natal, resultou em muitos elogios dos meus convidados. Que cozinheira que não fica feliz com isso? Recebi elogios da minha nora, que é a responsável pelo magnífico peru de Thanksgiving todo ano. Ela disse que o meu peru estava maravilhoso!
Mas o Natal aqui não é só a ceia. Tem o brunch do dia 25, onde o peru volta à mesa. Meus convidados têm o hábito de comer ovos no breakfast, então eu faço omelete ou ovos mexidos, que assim posso comer – eu não gosto de ovo. Fiz ovos mexidos com salsinha italiana, queijo port salut e um pouquinho de sobra de champagne. Comemos muito pão integral, fatias de tomate com mostarda, porque quero agradar os meus convivas, que comem coisas bem diferentes que nós brasileiros no café da manhã.
Como sou um tanto abilolada, entendi que os convidados iriam embora no domingo à noite, mas eu estava enganada. Ainda chegou mais gente e eu tive que improvisar um jantar para dez pessoas. Foi uma sorte eu ter espaguete suficiente na despensa, além do alho e super azeite, que sempre tenho. Fiz um macarrão ao alho & óleo que foi um sucesso absoluto. E com dois sacos de baby arugula [mini rúcula] e um saco de nozes pecans confeitadas, fiz uma salada pra acompanhar. Mais o já conhecido peru, que comemos frio, pra não ressecar com o requenta-requenta.
Na segunda ainda preparei outro breakfast, desta vez mais abrasileirado, com frutas na mesa, além dos pães, manteiga, geléia, tortas, panettone e do peru………!!! Acho que comprar dois peitos de peru foi realmente um exagero.
O jantar improvisado:
Macarrão ao alho & óleo
Espaguete cozido em bastante água e sal, ao dente.
bastante alho triturado
azeite extra virgem
sal/pimenta do reino
salsinha italiana picadinha
cogumelos criminis em fatias grossas
Numa panela colocar bastante azeite [eu ponho BASTANTE mesmo!]
Fritar o alho no azeite, acrescentar o sal e a pimenta. Quando o alho estiver dourado, juntar o macarrão. Mexer bem, desligar o fogo. Acrescentar a salsinha e os cogumelos. Servir com bastante queijo ralado, de preferência ralado fresco, cada um ralo o seu no seu próprio prato.
Servi o macarrão com a salada de rúcula temperada com vinagrete de laranja com champagne [não tem receita, pois esse eu compro pronto, num vidro], bastante azeite e sal grosso. Salpiquei com bastante nozes pecan confeitadas. Foi um sucesso absoluto!

Deixe a sua pitada: