sopa de abóbora

Restos do Halloween ou elemento clássico do Thanksgiving, a abóbora reina no outono norte-americano. Mas o que fazer com elas, nas suas mais variadas formas, sabores e cores? Bem, aquela abóbora típica, carruagem de Cinderela, que usamos para fazer jack-o-lanterns, eu transformo em sopas. Uma americana que nem cozinha [ironia] me ensinou a assá-la no forno invés de cozinhar na panela com um pouco de água. Técnica inteligentérrima de gente que não cozinha, não tem tempo nem saco, pois evita a ardorosa tarefa de descascar a abóbora [haja muque!].
Eu coloquei uma abóbora pequena no forno alto [400F] partida ao meio e sem as sementes por trinta minutos. Depois retirei a polpa cozida com uma colher e misturei à um pouco de alho e azeite fritos numa panela. Juntei uma maçã verde descascada e ralada bem fina, refoguei por um minuto e acrescentei um caldo de legumes e um pouco de vinho branco. Sal à gosto. Deixei cozinhar por uns vinte minutos, bati tudo num creme com o mini-mixer, deixei engrossar mais uns minutos e servi bem quente, como sopa deve ser servida.
Uma variação é fritar cubinhos bem pequenos de bacon de excelente qualidade e nele fritar um quarto de cebola picadinha. Dai acrescentar a abóbora cozida, a maçã e etc.
Ótima pedida para um jantarzinho rápido numa noite fria……

Um comentário sobre “sopa de abóbora”

Deixe a sua pitada: